Páginas

sexta-feira, 14 de junho de 2024

Golpistas usam o nome de padre para vender rifa falsa em benefício da reforma da Igreja Matriz de Barrocas

Paróquia fez alerta sobre golpe do WhatsApp em nome do Padre Adelson. Imagem Reprodução
Em uma ação criminosa, golpistas utilizaram um número de telefone falso, se passando pelo Padre Adelson do Nascimento, pároco da Paróquia São João Batista de Barrocas, para aplicar golpes, oferecendo bilhetes de uma suposta Rifa em prol da reforma da Igreja Matriz. A situação veio à tona nesta sexta-feira (14) quando os criminosos entraram em contato com o Vereador José Eclécio, tentando convencê-lo a comprar números da rifa.

Texto, áudio e imagem enviados ao vereador Kekeu -Foto JNV
O parlamentar desconfiou da situação, e foi até a igreja confirmar com o padre se realmente estava fazendo uma rifa, logo descobriu que se tratava de um golpe.

O crime consiste em persuadir as vítimas a adquirir bilhetes de uma rifa inexistente, alegando que os fundos arrecadados seriam destinados à Igreja Matriz de Barrocas. Usando o nome do Padre Adelson, os golpistas buscam trazer legitimidade à fraude e, assim, enganar os moradores da cidade.

"Querido vereador Kekeu boa tarde. Meu amado eu posso marcar pro senhor esses cinco números", diz o golpista em áudio enviado ao vereador se passando pelo pároco. Uma imagem da falsa rifa praticamente fechada também foi enviado. Um texto também foi compartilhado (veja imagem ai lado).

Ao ser abordado pelos criminosos, o Vereador José Eclécio suspeitou da veracidade da ação e decidiu investigar. Foi então que ele se encontrou com o Padre Adelson e descobriu que o mesmo não estava envolvido em nenhuma campanha de rifa e que seu nome estava sendo utilizado de maneira fraudulenta.

 @ Nossa Voz por Kauã Sherman / Colaborou Rubenilson Nogueira

Operação Pavio Curto intensifica fiscalização de fogos de artifício em Serrinha

Serrinha foi alvo da Operação Pavio Curto. Foto Reprodução
A Polícia Técnica da Bahia está participando da "Operação Pavio Curto", uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho que visa combater o comércio ilegal e a produção clandestina de fogos de artifício. A operação, que aconteceu entre os dias 11 e 13 de junho, envolveu a fiscalização de notas fiscais, a identificação de produtos sem rótulo, a verificação da segurança dos trabalhadores e a inspeção das estruturas físicas de locais de fabricação e venda de fogos.

Em Serrinha, a fiscalização incluiu uma análise detalhada dos produtos apreendidos, com a Polícia Técnica realizando exames químicos para determinar os materiais utilizados na fabricação de fogos e sua conformidade com as normas reguladoras. “Nós testamos produtos químicos para verificar quais materiais foram usados ​​na fabricação dos fogos e se eles estão de acordo com o previsto pelos órgãos reguladores”, afirmou o Perito Criminal Augusto Sérgio Souza.

Até o momento, a operação já fiscalizou as cidades de Feira de Santana, Serrinha e Cruz das Almas. A "Operação Pavio Curto" também conta com a participação das Polícias Civis e Militares, do Exército Brasileiro, do Corpo de Bombeiros Militar, do CREA-BA, do Conselho Regional de Química, da SEFAZ Estadual e da Polícia Rodoviária Federal, unindo esforços para garantir a segurança e a legalidade na comercialização de fogos de artifício.

@ Nossa Voz por Kauã Sherman com informações do Info

Vereador de Santaluz expressa preocupação com ataques de cães a ovelhas e cobra ações: “Os criadores pedem socorro!”

Foto: Reprodução/TV Câmara / Notícias de Santaluz
Durante sessão da Câmara Municipal de Santaluz realizada na quarta-feira (12), o vereador Paulão (União Brasil) expressou preocupação com os frequentes ataques de cães que resultam na morte de animais, principalmente ovelhas, em propriedades rurais do município. Em solidariedade aos produtores locais, Paulão apontou que a comunidade rural está em estado de alerta e enfatizou a necessidade de medidas efetivas por parte das autoridades para conter os ataques e garantir a segurança dos rebanhos.

“Nós não podemos deixar a cultura da caprinovinocultura ser dizimada da forma que está sendo. Os criadores pedem socorro”, afirmou o vereador, ressaltando a gravidade da situação. Paulão citou exemplos de pequenos produtores que, temendo os prejuízos causados pelos ataques dos cães, tiveram que vender seus animais por preços abaixo do mercado.

Segundo o site Notícias de Santaluz, o vereador ainda falou da necessidade de um equilíbrio entre a preservação dos cães e a proteção da caprinovinocultura. “É preciso investir na preservação dos cachorros, na criação, no manejo, mas é preciso salvar a caprinovinocultura. Eu recebo diariamente… vídeos… faz pena borreguinho de oito dias, quinze dias, as ovelhas… todas mortas numa fila, mais de vinte, não sei quantas cabeças. É lamentável, nós não podemos deixar de tomar uma atitude nesse sentido”, disse Paulão, destacando a importância da união das autoridades e da própria comunidade para discutir o problema e buscar soluções conjuntas.

@ Nossa Voz - Com informações do Notícias de Santaluz

Barrocas: Prefeito recebe selo de transparência pelo projeto 'Transparência nos Festejos Juninos' do Ministério Público da Bahia

José Jailson na sede do Ministério Público para receber o Selo de Transparência. Foto Reprodução
O prefeito do município de Barrocas, José Jailson de Lima Ferreira, esteve na quinta-feira (13) na sede do Ministério Público da Bahia em Salvador, onde recebeu o Selo de Transparência do projeto "Transparência nos Festejos Juninos". Este é um reconhecimento que destaca os município que passam clareza na gestão dos recursos públicos, especialmente em eventos culturais significativos como os festejos juninos.

O projeto, que inclui o Painel de Festejos Juninos, visa promover a transparência e fornecer informações detalhadas sobre a programação das festividades juninas no município. Através deste painel, os cidadãos podem acessar informações sobre onde suas atrações favoritas irão se apresentar e a programação completa das festas locais. Este recurso não apenas facilita o planejamento dos moradores e visitantes, mas também garante que todos tenham acesso aos dados sobre os gastos públicos relacionados à contratação de artistas e organização dos eventos.

O Painel de Festejos Juninos é alimentado com informações voluntariamente fornecidas pelos municípios participantes. Estes dados são essenciais para garantir a transparência nos gastos públicos, permitindo que os cidadãos acompanhem como os recursos estão sendo utilizados. Durante a cerimônia no Ministério Público da Bahia, o prefeito José Jailson posou para fotos e recebeu o certificado.

Nas redes sociais o prefeito destacou a conquista do selo: "O melhor São João da história tem selo de transparência! O selo é mais uma grande prova do respeito que o nosso governo tem com o recurso que é do povo", escreveu José Jailson.

@ Nossa Voz por Kauã Sherman

quinta-feira, 13 de junho de 2024

Vereador Sinésio Lima cobra esclarecimentos sobre problemas no Sinal Digital de Televisão em Barrocas

Foto registrada por Sinésio no Alto do Ipê nesta quinta-feira (13)
Diante das constantes reclamações da população sobre a indisponibilidade do sinal de TV digital em Barrocas, na quinta-feira (13), o  vereador Sinésio Lima se  informou sobre os motivos da interrupção e esteve no Bairro Alto do Ipê onde fica a Central. Em um áudio enviado ao Programa A Nossa Voz, Sinésio expôs as possíveis razões para o não funcionamento do sinal digital e cobrou respostas das autoridades competentes.

Segundo Sinésio Lima, na central ele observou uma situação no quadro de energia que alimenta as torres responsáveis pela transmissão do sinal digital das antenas instaladas. "Cheguei lá e vi uma situação no quadro de energia, onde ficam as torres que dão assistência a essas antenas que vieram do governo, e o quadro está desligado", declarou o vereador.

População reclama da falta de sinal digital há dia - Quadro aparentemente desligado  - Fotos Reprodução Vereador Sinésio Lima
Após verificar o problema, Sinésio disse que entrou em contato com a COELBA para saber sobra a suspensão da distribuição de energia. Segundo ele, a empresa informou que a ligação estava ativa, mas as três "canelas" de energia que alimentam a torre para a transmissão do sinal, estavam desligadas. "Eu liguei para a COELBA e eles me falaram que está ativa a ligação, mas as três canelas, da energia, que dão assistência à torre para liberar o sinal para a população, que tem muita gente reclamando, estão desligadas", lamentou Sinésio.

O vereador então solicitou uma explicação da Prefeitura Municipal de Barrocas sobre os motivos para o desligamento das canelas. "Quero saber se tem alguma pessoa para informar da Prefeitura o motivo que foi desligado essas canelas, que tá cortando o sinal das televisões da região. Isso cabe ao grupo do gestor da cidade informar o que está acontecendo", cobrou Sinésio. 

@ Nossa Voz por Kauã Sherman

Base Samu de Barrocas Divulga Boletim Informativo de Maio

Ocorrências da SAMU do último mês. Foto Reprodução
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Barrocas divulgou nesta quinta-feira (13) o boletim informativo referente às ocorrências atendidas durante o mês de maio de 2024. De 1º a 31 de maio, a equipe do Samu realizou 39 atendimentos. Entre os casos registrados, houve 9 ocorrências de trauma, 24 de natureza clínica, 3 surtos psicóticos, 1 tentativa de suicídio e 2 óbitos.

Os atendimentos a traumas, que somaram 9 casos, incluíram acidentes automobilísticos, quedas e outras lesões físicas. São incidentes que demandam atendimentos rápidos e especializadas para estabilizar as vítimas e garantir seu encaminhamento seguro aos hospitais. A maior parte das ocorrências, no entanto, foi de natureza clínica, totalizando 24 atendimentos. Esses casos englobam emergências médicas diversas, como crises, complicações diabéticas e insuficiências respiratórias.

Além disso, foram registrados 3 casos de surto psicótico, nos quais os pacientes apresentaram perda de contato com a realidade e necessitaram de intervenção imediata para garantir a segurança deles e de terceiros. Houve também uma ocorrência de tentativa de suicídio. Durante o mês o serviço registrou 2 óbitos.

@ Nossa Voz por Kauã Sherman