quarta-feira, 23 de junho de 2021

Tendo São João como padroeiro, pelo segundo ano consecutivo, Barrocas não terá festividades juninas

Fotos: Ana Clara / Arte Rubenilson Nogueira
São João Batista é o padroeiro do pequeno município de Barrocas, localizado no Território do Sisal, interior da Bahia. As festividades juninas é para muitos dos habitantes, o melhor período do ano. É quando acontecem os rapas nos povoados, quadrilhas, eventos particulares e celebrações religiosas, como o Novenário organizado pela paróquia São João Batista, que encerra no dia do Padroeiro. Nessa época do ano, muitos barroquenses que trabalham fora, retornam para participar das festividades.

No ano passado, devido a pandemia do novo coronavírus, pela primeira vez na historia as festividades foram suspensas, a Prefeitura Municipal que já havia anunciado grandes artistas para os shows da praça, foi obrigada a cancelar os contratos. Neste ano, apenas as celebrações na igreja matriz estão sendo realizada porém com restrições e limitações, sem o forró da quermesse. Para interagir com os fãs, Músicos realizam live show sem público, vendedores de licor continuam com a produção da bebida de época, mas são afetados em nas vendas. As famílias que tradicionalmente acendem suas fogueiras, reduzem a quantidade de pessoas ou até não realizam. 

Dona Zezinha
Devota do padroeiro, Maria José da Silva, 79 anos, conhecida popularmente como "Zezinha", conta que improvisou no ano passado e fez uma fogueira em cima de um carrinho de mão: 
"Nasci vendo meu pai acender a fogueira,  toda a minha vida acendemos!! Todos vinham para a fogueira, mesmo quando morava na fazenda, enchia de gente. Tenho saudade dos meus anos 60 e 70, quando a gente vinha da roça arrumada para a festa do São João. Ano passado fizemos a fogueira num carrinho de mão apenas com meus netos soltando fogos. Esse ano pretendo fazer uma fogueirinha sem deixar a  tradição mas seguindo os protocolos", afirmou a aposentada.

Patrício Oliveira
Desde os seus 17 anos, Patrício de Oliveira, hoje com 43 anos, está presente no mundo da música, ele é integrante e cantor da Banda Zêpa, e não esconde a saudade que sente das festas com o público caracterizado e no clima do São João: 
"Pra gente impactou bastante, porque a musica em si ela traz um contexto de felicidade, de alegria e a gente já vindo nessa questão dessa pandemia com tanta mortes, a gente ficou quase sem chão pra pisar, porque a música você fazendo sozinho é uma coisa, e você com contato com público é justamente uma coisa... ver o povo dançando, ver povo de vestido de forma caracterizado, o clima de São João", destacou o músico.

Lídia Trabuco
Lídia Trabuco, 57 anos, ajudava seu pai, o saudoso 
Zoroaste a produzir os licores para vender. Mantendo a tradição familiar, ela produz sozinha a cerca de 40 anos. Apesar da pandemia, Dona Lídia revela que em 2020 a venda da bebida foi a mesma dos anos anteriores, mas em 2021 foi surpreendida com a queda da procura pelo tradicional licor de São João: “Ano passado não diminuiu minha produção, foi a mesma coisa normal como sempre vende, agora esse ano foi que diminuiu, esse ano caiu bastante a produção, mas graças a Deus estou vendendo. Em 2020 não tive queda nenhuma. As pessoas estão ou evitando, ou sem dinheiro, mas a produção esse ano caiu muito. Não estou vendendo como ano passado", contou.

Ainda não será o São João como os barroquenses, os nordestinos gostariam, é preciso esperar mais um ano, confiando na vacinação da população, no controle da pandemia, para então a principal festa do nordeste poder acontecer como manda as tradições e como o povo gosta de celebrar. Um feliz São João a todos e a todas!

Da Redação por Ana Clara Santos e Rubenilson Nogueira

Em Brasília, prefeito "busca abertura de agência da Caixa" para o município de Barrocas

Foto: Reprodução Facebook
O prefeito do município de Barrocas, José Jailson de Lima Ferreira (PSD), voltou à Brasília na terça-feira (22), e conforme revelou em postagem nas redes sociais, o objetivo da viagem foi a busca por uma agência da Caixa Econômica Federal. O pequeno município localizado no Território do Sisal da Bahia, perdeu recentemente o PAA do Banco do Brasil, que encerrou as atividades no dia 17 de maio.

No Distrito Federal, acompanhado do Deputado Federal Paulo Azi (DEM), Jailson Ferreira se reuniu com o Diretor de Estudos para abertura de agências Paulo Henrique. Após o encontro ele afirmou que a possibilidade de abertura de uma agência da Caixa em Barrocas será analisada em breve e "com possibilidade de resposta positiva".

Após município perder agência do Banco do Brasil, Prefeito tenta unidade da Caixa
Foto: Reprodução Facebook
"...estive com deputado federal Paulo Azi na Caixa Econômica Federal em reunião com o Diretor Executivo de Estratégia da Rede de Varejo Maikon Wilson Penso e com o Diretor de Estudos para abertura de agências Paulo Henrique. A reunião foi com o objetivo de buscar a abertura de uma agência da Caixa no município de Barrocas, que será analisada em breve com possibilidade de resposta positiva. Seguimos fazendo Barrocas avançar ainda mais! Vamos ficar na torcida e pedir a Deus que dê tudo certo!", escreveu.

Em documento entregue ao Diretor, o Prefeito além de manifestar interesse na abertura da unidade do maior banco público da América Latina, falou da necessidade dos serviços bancários para a população, especialmente os idosos, e destacou a chegada de uma fábrica e a existência de uma mineradora operando em território barroquense. O prefeito garantiu ainda a transferência da folha de pagamento dos servidores efetivos e comissionados que supera um milhão de reais.

Documento entregue ao Diretor da Caixa - Imagens Reprodução Facebook
O Prefeito sabe que a situação do Banco do Brasil é praticamente irreversível, então já parte para outra opção, apostando na influência do seu deputado junto ao governo federal. O Deputado Paulo Azi é aliado ao Presidente Bolsonaro, tendo inclusive sido nomeado no ano passado, vice-líder do governo na Câmara dos Deputado. Apesar de não ter conseguido evitar o fechamento do Banco do Brasil, é possível que Azi consiga a vinda da Caixa para Barrocas. 

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

terça-feira, 22 de junho de 2021

Câmera de segurança flagra assalto em plena luz do dia no bairro do Caseb em Serrinha

Imagem Reprodução - PCS
Dois jovens foram assaltados enquanto caminhavam numa rua do bairro do Caseb, município de Serrinha, no Território do Sisal da Bahia, na manhã da última segunda-feira (21). Um vídeo divulgado pelo Portal Cleriston Silva,  mostra o momento em que um homem chega numa motocicleta, saca uma arma e anuncia o assalto. Um aparelho celular de uma das vítimas foi levado pelo criminoso.

As imagens foram registradas por uma câmera de segurança de uma residência, em frente ao campo de futebol do Caseb na Rua Olavo Bilac. A ação dura menos de 15 segundos e o assaltante foge rapidamente por um caminho desconhecido, a vítima do roubo sai andando ainda com as mãos levantadas.

@ Nossa Voz Da Redação - Informações PCS

Saiba quanto o município de Barrocas arrecadou nos primeiros 20 dias de Junho de 2021

Prefeitura Municipal de Barrocas - Foto: Rubenilson Nogueira
Consultando o Demonstrativo de Distribuição da Arrecadação, do Sistema de Informações do Banco do Brasil (SISBB), é possível saber o volume de recursos que cada município brasileiro recebe mensalmente da união. A consulta é simples, basta escolher o município e determinar o período da pesquisa. 

Segundo esse sistema, entre os dias 1º e 20 de Junho do ano em curso, o município de Barrocas, localizado no Território do Sisal da Bahia, já recebeu R$ 3.310.699,70 (três milhões, trezentos e dez mil, seiscentos e noventa e nove reais e setenta centavos). Barrocas tem a maior renda per capta entre os demais município de Território.

No mês de maio o município teve uma arrecadação total de R$4.938.394,12.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Barrocas: Secretaria de Saúde confirma 07 novos casos positivos da Covid-19, mas informa que município tem apenas 01 caso ativo

Foto: Arquivo JNV - Rubenilson Nogueira
O Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na noite da segunda-feira (21), informou o surgimento de mais 07 casos positivos da Covid-19 no município de Barrocas. Foram divulgados os resultados de 18 exames, desse total 11 testaram negativo.

Apesar da confirmação desses novos casos de infecção, a Secretaria de Saúde, declarou que o município tem apenas 01 caso ativo da doença: "O boletim epidemiológico de hoje (21), recebemos 18 resultados, sendo 11 negativos e 07 positivos (03 da Sede, 03 do Milho Verde e 01 da Lagoa da Cruz), tivemos 10 pacientes curados (03 da Sede, 04 do Milho Verde, 01 da Lagoa da Cruz, 01 da Lagoa dos Umbus, 01 do Rosário), foram feitas 04 novas coletas, com isso, o município conta com 18 pacientes aguardando o resultado e 01 caso ativo", revelou.

Imagem Reprodução Facebook Prefeitura Municipal de Barrocas
O único caso ativo refere-se a paciente morador do Povoado de Milho Verde na zona rural do município. Com as confirmações de ontem, Barrocas chegou ao total de 760 casos de infecção, sendo que 740 pacientes se curaram, 19 barroquenses morreram vítimas da covid-19.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira