quarta-feira, 8 de julho de 2020

Barrocas: Torcedor do Esporte Clube Vitoria que é chamado de 'Bahia', explica apelido, e reafirma paixão pelo rubro negro baiano

Sargento Lucival - Foto: Victor Santos
O futebol no Brasil é representado por dezenas de clássicos, na Bahia o mais popular e disputado, é o Ba-Vi. com direito a jogos épicos cravados na história do futebol baiano. Os clubes Bahia e Vitória são os responsáveis por uma das maiores rivalidades no futebol da região Nordeste. Fora dos campos a disputa é entre as torcidas, tricolores e rubro negros tem uma coisa em comum, a paixão. Em Barrocas, um torcedor de carteirinha do Leão, carrega como apelido o nome do rival, 'Bahia'. 

O ilustre torcedor do Vitória, o sargento da Polícia Militar da reserva, Lucival José, 63 anos, ficou marcado em Barrocas com o apelido um tanto quanto inusitado, mesmo torcendo para o rubro-Negro baiano, ele é chamado pelos rivais e amigos de 'Bahia'. O apelido 'pegou' há muitos anos, como ele relembrou, foi numa época que a antiga delegacia do quartel servia de dormitório no dias de serviço, e a presença do militar nas ruas, nas suas idas a uma padaria,  em contato com as crianças da época, quando também era chamado inicialmente de 'tio guarda' de forma carinhosa.
Lucival 'Bahia' vestido com a
 camisa do Vitória.

Na antiga padaria do senhor Genésio (in memoriam) estas mesmas crianças ouviam de Lucival a seguinte brincadeira, que se ele fosse prefeito iria colocar um carro pra levá-las para o bairro do Cedro: "Era uma alegria, eles vinham a pé do Cedro para Barrocas. Alguns eu não conhecia e chamava de Bahia, foi ai que pegou, aqui só me conhecem como Bahia, mas sou torcedor do Vitória", alertou aos risos.  

Lucival é um torcedor apaixonado, e essa paixão pelo Vitória da Bahia começou na infância, quando ele morava em Santa Luz, e um antigo dirigente esportivo, o senhor Milton Góis promoveu uma partida com a participação do rubro-negro baiano. Na época o rádio era a única forma de conhecer e acompanhar um time, mas em um dia das mães o garotinho Lucival, já apaixonado pelo futebol, se encantou pelo Vitória que, contava com craques como André Catimba, Osni, Mario Sérgio, o goleiro Agnaldo, nomes que ele recorda até hoje.

Atualmente 'Bahia', responde pelo o apelido que ganhou de forma carinhosa. Ele afirma que não se importa, lida normalmente e até já se acostumou pela forma que é tratado. Dentre as boas recordações, a épica goleada de 7x2 do Vitória sobre o Bahia é uma das lembranças de Lucival.  
Da Redação - Por Victor Santos
Colaborou Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Publicar um comentário