segunda-feira, 10 de agosto de 2020

A feira livre do município de Barrocas está bastante reduzida durante a pandemia da Covid-19

Antes da Pandemia, o acesso ficava bloqueada para a montagem das barracas
A Tradicional Feira Livre de Barrocas que inicia na quinta-feira e se estende até o sábado, está acontecendo de forma limitada para evitar a disseminação do novo coronavírus. No sábado (8), após o decreto municipal que permitiu a flexibilização dos horários e dias para a feira livre,
 o movimento seguiu abaixo do normal, com número ainda muito reduzido de feirantes.

O ramo de vestuário é um dos mais afetados, os vendedores que costumam ser a maioria de outras cidades e que oferecem as peças, montando suas barracas na área externa do centro de abastecimento não estão vindo. O local hoje é ocupado por veículos, carros e motos estacionados. Com a ausência desses feirantes de outras cidade, mais barroquenses começaram a comercializar verduras, frutas e legumes ou vestuário também, gerando neste negócio mais renda dentro do município, e sem deixar de atender a demanda da população.

Foto: Victor Santos
A área do mercado municipal segue em obras para reforma estrutural do espaço onde funcionam os boxes. No sábado em visita ao local, percebemos que maioria das pessoas que foram á feira estavam utilizando máscaras e para evitar o contato direto das mãos no alimento, alguns feirantes utilizam bandejas ou redes com os produtos empacotados. 

Conforme o decreto municipal do dia 3 de agosto, a Feira Livre e atividades do mercado estão liberados das 6h às 13h de segunda a sábado. A orientação do município ainda impede a instalação de barracas advindas de outras cidades. 


A Prefeitura Municipal ainda não instalou pontos públicos de lavagens de mãos, nas imediações do Centro de Abastecimento, nem no Mercado como acontece em local de grande movimento e aglomerações de pessoas em outro município e conforma foi solicitado pela Câmara de Dirigentes Lojistas da Barrocas a CDL.


Com o número reduzido de pessoas, toda atividade comercial da cidade sai perdendo, principalmente os pontos comercial do entorno da feira.

Da Redação - Por Victor Santos

Sem comentários:

Publicar um comentário