terça-feira, 25 de agosto de 2020

QUADRO PROFISSÕES COM O FERREIRO ZÉ CARLOS

Senhor José Carlos segue na profissão que aprendeu ainda com seu pai - Foto: Victor Santos

A profissão foi herdada do pai, por isso cada espaço da ferraria remete a uma lembrança do aprendizado com um dos maiores ferreiros de Barrocas, o saudoso Joãozinho de Toti. O filho, José Carlos Araújo, 61 anos, guarda na memória o companheirismo, as instruções na profissão, inclusive o dia que ajudou a pregar o fole manual que existe há mais de 50 anos na família. 

A tenda do ferreiro, que fica na Av. Sinfrônio Queiroz no Centro de Barrocas, preserva um dos únicos 'Fole Manual' no Território do Sisal, movido a uma corda que aciona a sanfona que assopra o fogo para aquecer o ferro, que em seguida é manuseado para bigorna e com uso da marreta é possível moldar, modificar ou reparar objetos. 

Parte dos equipamentos tem meio século a exemplo do fole. 

Na atividade, o metal é aquecido até que fique vermelho ou laranja, como parte do processo de forjamento. Sobre uma pequena construção de pedra ou concreto fica a fornalha, onde se coloca o carvão de árvore jurema, a mais indicada para aquecer a peça metálica que é moldada com a técnica do ferreiro uma atividade milenar.


José Carlos preserva a profissão que para ele, em breve será extinta. O fato é que a modernização dos equipamentos e existem poucas pessoas interessadas em aprender este oficio que naturalmente é herdado de geração em geração entre as famílias. 

Da Redação - Por Victor Santos

Sem comentários:

Publicar um comentário