terça-feira, 11 de agosto de 2020

Profissionais de limpeza continuam expostos ao perigo em Barrocas. Até quando?

Foto: Reprodução Redes Sociais

Mesmo estando em ano de eleição, as constantes cobranças para que a Prefeitura de Barrocas exija da empresa responsável pela coleta de lixo no município, o uso de caminhões adequados para o serviço, evitando que pais de famílias estejam diariamente expostos ao risco de acidentes, não tem surtido efeito.

Em ano de campanha eleitoral é comum uma 'revolução administrativa' nos pequenos municípios do Brasil, e não é diferente em Barrocas, onde há obras sendo anunciadas para todo lado, e até inaugurações acontecendo em períodos que o comércio local cumpria Decreto Municipal, com restrições de horários de funcionamento, para evitar aglomeração. Sim é estranho, porém é real, foram entregues reformas de praças e até um portal na entrada da cidade. Em todos os 'atos' divulgados com empenho nas redes sociais, lá estavam vereadores, secretários municipais, o prefeito e vice, além de aliados políticos. Pois bem, obras sim, várias, mas a preocupação com o trabalhador das obras e dos serviços essenciais como a limpeza pública, está ficando para uma outra oportunidade. 

Homens que atuam na limpeza, seguem tendo que apilar o lixo com os pés, enquanto outros arremessam os sacos contendo todo tipo de resíduos e objetos, inclusive vidros e outros itens pontiagudos que podem machucar. Sem falar do risco de contaminação.

Por outro lado muito se especula sobre os valores de salários destes servidores, mas esse assunto só mesmo no campo do 'boato', pois quem ousar tratar do assunto, pode ficar livre do risco, estando desempregado. Quem sabe se o suposto dono da empresa de lixo for eleito vereador, ele mesmo não posso cobrar da empresa o uso de um caminhão adequado, quem sabe até denunciá-la no MP se não atender o pedido. Devemos ser otimistas?

O município ano que vem pode não ganhar um caminhão compactador de lixo, pode continuar sem placa de identificação nas obras, mas já é certo que terá mais dois vereadores na Câmara Municipal, passando das 9 atuais para 11 cadeiras na próxima legislatura. De lá, espera-se pouco barulho, no máximo uma visita ao Tribunal de Contas para pegar umas notas e guardar em casa para convidar algum eleitor com tempo suficiente para ir lá ver cada folha de papel e então decidir se deve comentar nas redes sociais, ou se calar também.

Mas nem tudo esta perdido, em breve o caminhão inadequado para a coleta do lixo vai andar sobre o 'tapete preto'. Já já começa a obra de asfaltamento das ruas e avenidas da cidade. Esses dias o bonito portal da entrada da cidade até saiu numa reportagem da Rede Record, que lindo. Só pode ser resultado de uma Excelente Gestão Fiscal!

@ Nossa Voz - Escrito por um 'Repórter Medroso' que no máximo pode revelar as iniciais do seu nome e ainda ao contrário para disfarçar. Por NQR (Por favor não tentem identificar)

Sem comentários:

Publicar um comentário