quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Instituto Quintal apresenta projeto que poderá revolucionar o município de Barrocas no interior da Bahia

Arquivo enviado por Lara Queiroz
O Instituto Quintal, inspirado em Helena Firmino, conterrânea de Barrocas, teve sua fundação em 2013, e após 6 anos a coordenação trouxe a proposta de implantar a sede no município da mulher que foi a inspiração do projeto. O espaço pretende introduzir uma nova forma de conceber a educação de crianças, através da valorização do espaço Quintal como "sala de aula". As atividades serão desenvolvidas para toda a comunidade barroquense e todas, diretores e coordenadores serão pessoas da cidade.

O espaço que será construído a sede tem cerca de 36.500 metros quadrados. O conceito foi criado pela educadora Lara Queiroz, e concretizado pelo projetista Weiller Queiroz. Em conversa nesta quinta-feira (29), Lara nos contou do impacto que o município futuramente terá com este novo projeto que se inicia: "Será um trabalho muito grande, mas o impacto gerado será maior ainda. Vamos cuidar das crianças de uma forma integral e do meio ambiente. E nós entendemos que para desenvolver essa trabalho de forma integral, nós precisamos de toda a comunidade. Gostaria de ressaltar o belíssimo trabalho do escritório de projetos Eikos, que traduziu belissimamente a essência do quintal na arquitetura, colocando as crianças no centro das nossas atenções". contou a responsável pela instituição.

Foto: Antônio Roque Juaquim
Em proposta o instituto prevê: 1 teatro para 100 pessoas, ateliê de arte e natureza, para aulas práticas e profissionalizante, salas de informática/internet com foco no escoamento da produção artesanal, espaço do idoso, grande área dedicada ao plantio de árvores, aquaponia, além de espaço para exercício físico, agricultura familiar, energia solar, energia eólica , sistema de irrigação de baixo custo que poderá ser replicado nas casas das crianças. Galpão de reciclagem com capacidade para retirar do ambiente inicialmente 27 toneladas/mês resíduos sólidos reutilizando-os, diversas capacitações profissionalizantes.

Breve mais informações! Fica ligado(a).
Da Redação por Ana Clara Santos

Sem comentários:

Publicar um comentário