sábado, 24 de outubro de 2020

Território do Sisal: Justiça Eleitoral de Conceição do Coité aciona Polícia Federal contra Fake News

Foto: Reprodução 
Gerivaldo Alves Neiva, Juiz Eleitoral de Conceição do Coité, município localizado no Território do Sisal da Bahia, está requisitando a abertura de Inquérito pela Polícia Federal para apurar notícias falsas que estariam circulando em redes sociais acerca da segurança das urnas eletrônicas. Além disso, segundo noticiou o site Calila Notícias, alguns eleitores, já identificados pela justiça eleitoral, estariam convocando outras pessoas para atos de protestos, colocando em dúvida a lisura do processo eleitoral.

Segundo o Juiz Eleitoral, as urnas eletrônicas são absolutamente seguras e estão em funcionamento no Brasil há mais de 20 anos sem comprovação de que tivessem interferido no resultado das eleições: “Ao contrário, as urnas eletrônicas vieram para garantir mais segurança e transparência no processo eleitoral, uma vez que cada urna se auto apura e o boletim já fica afixado no local de funcionamento da seção eleitoral ao término da eleição, bem como é distribuída cópia do Boletim de Urna (BU) para os fiscais e para a imprensa”, ressaltou o magistrado.

O juiz destacou ainda que, “os eleitores e a imprensa tomam conhecimento do resultado da eleição antes mesmo da Justiça Eleitoral”, pontuou.

A matéria do CN informa ainda que vários prints de telas de redes sociais (Facebook, Instagram e áudios de Whatsapp), chegaram ao conhecimento da Justiça Eleitoral em que os proprietários dos perfis alardeiam a possibilidade de fraude nas urnas eletrônicas e convocam os eleitores para atos de protestos. Diante disso, segundo o Juiz Eleitoral, para garantir a tranquilidade do pleito, os perfis foram identificados e serão encaminhados à Polícia Federal para as providências legais, que pode resultar em condenação dos infratores e exclusão dos perfis nas redes sociais.

O juiz pediu que os munícipes respeitem o resultado da eleição, seja quem for o vitorioso, pois a urna eletrônica é absolutamente segura e não há qualquer possibilidade de fraude para manipular a vontade dos eleitores.

@ Nossa Voz - Com Informações do Calila Notícias 

Sem comentários:

Publicar um comentário