segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Barrocas: Residência de acusado de homicídio fica parcialmente destruída após incêndio no Pov.. de Lagoa da Cruz

Imagens: reprodução redes sociais.
Segundo a Assessoria de Comunicação do 16.º Batalhão de Polícia Militar, por volta das 12:10h do domingo (15) a Guarnição da cidade foi informada via (Alfa 14) pelo CICOM/Serrinha, que populares estavam colocado "fogo" na residência do acusado por homicídio ocorrido na data 13/12/2019, na localidade das Casas Populares, Povoado Lagoa da Cruz, Barrocas (ver aqui).

"Ao chegar no local foi constatado a veracidade da informação. Ficou evidenciado que adentraram a residência após arrombamento dos portões e portas do imóvel, e de maneira criminosa atearam fogo no imóvel", informou a 3ª CIA PM - Pelotão de Barrocas. 

O imóvel incendiado e que ficou parcialmente destruído, pertence ao acusado Valdemiro Pedro da Silva, 70 anos, que se encontra preso à disposição da justiça desde a data do homicídio, tendo como vítima Deraldo Oliveira Pinto, 41 anos, morador de Lagoa da Cruz assim como o acusado.


"Acabaram de tocar fogo na casa do homem, a fumaça tomou conta, tá acabando com tudo aqui", relatou um morador. A esposa e filhos do acusado moram no local, mas não estavam lá no momento.

Quando a Polícia chegou ao local, o incêndio já estava controlado e sem riscos de propagar para outros imóveis. Porém, a guarnição com receio de acontecer outro sinistro, recolheu dois vasilhames de botijões de gás (13 kg) que estavam dentro do imóvel próximo às pequenas "chamas". A Guarnição fez rondas no local, de modo a tentar colher informações que pudessem identificar algum suspeito do fato delituoso, no entanto sem êxito. 

@ Nossa Voz da Redação - Com informações da ASCOM 16ºBPM Serrinha

Sem comentários:

Enviar um comentário