segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Inauguração do Parque David Cordeiro foi um sucesso.


O Maracanã das vaquejadas, como já é conhecido o Parque David Cordeiro, localizado no Cedro, Barrocas, foi inaugurado no sábado dia 29, superando todas as expectativas.
Mais detalhes nesta quinta-feira (3).

Verdades que tentam esconder.

Depois da repercussão do texto escrito pela jovem universitária barroquense Thainá, para a última edição do Jornal @ Nossa Voz impresso, decidimos publicá-lo também no blog. Veja como ele com muita sensibilidade e coerência retrata a realidade da política da nossa cidade.

Verdades que tentam esconder.
Não é de hoje a existência de jogos de interesses por trás da política de Barrocas, na verdade o que todos querem é poder, isso é inegável. Porém é vergonhoso o que vem ocorrendo atualmente na política da nossa cidade, as coisas não estão acontecendo da maneira que esperávamos, nem tão pouco da forma que deve ser. Até quando?
A famosa cadeira foi apenas emprestada e por um curto período de tempo, pois, quem a emprestou os olhos dela não tirou. Como alguém iria deixar outro fazer nome a suas custas? Inocente é quem acreditou que algo iria ser diferente. Para mim não está sendo nenhuma surpresa, já que, os interesses pessoais ou de uma minoria sempre estiveram impregnados de maneira explicita nas ações políticas. O que se deseja de fato além dos (R$) é o poder e quando esse poder começa a ser perdido as coisas mudam de figura, ( se preciso for é cada um por si).
Na minha visão, a política de Barrocas é digna de uma grande peça teatral de marionetes, uma mão por trás das cortinas dá os comandos e os bonecos marionetes só obedecem, reproduzindo apenas os movimentos ordenados, caso o boneco marionete protagonista não responda aos comandos a ligação entre os dois é cortada, a mão que dava os comandos sai das cortinas e busca agora um lugar de destaque no palco, mesmo que em oposição ao seu boneco.
Isso acontece por que a peça teatral se aproxima do fim, de agora em diante as cenas começam a ficar mais forte e a realidade vem à tona, no entanto os personagens esquecem que o final dessa trama depende exclusivamente de nossos aplausos ou vaias e esse sim eu diria ser o momento mais importante do espetáculo.
Thainá
Será que um dia alguém conseguirá romper com esse sistema?

Novo arrombamento seguido de furto aconteceu em Barrocas.


Na madrugada de sábado para domingo (30), mais um estabelecimento comercial foi arrombado, desta vez uma loja de celular localizada no centro da cidade, após ter a porta arrombada a loja teve aparelhos furtados, o fato que já se tornou corriqueiro por aqui, aconteceu a poucos metros do antigo posto da Guarda Municipal.
A funcionária do estabelecimento lamentou o ocorrido. O proprietário foi chamado e esteve na cidade para avaliar os prejuízos que não estão relacionados apenas aos aparelhos levados, mas também a duas vitrines quebradas e porta danificada.
Os autores utilizaram uma barra de ferro para arrombar a porta, depois como não conseguiram entrar, quebraram as vitrines laterais e puxaram os aparelhos um a um.


Não sabemos o que será preciso acontecer para que o poder público municipal reative a Guarda Municipal , o que sabemos é que do jeito que tá não pode ficar.
Ronda @ Nossa Voz

NOTA DA DIREÇÃO

Caro leitor, pedimos desculpas a vocês pela falta de atualização desta blog, informamos que estamos  resolvendo problemas na configuração do mesmo, e logo tudo estará normalizado.
Obrigado pela compreensão.
Rubenilson Nogueira

Ainda hoje muita informação com exclusividade.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Barrocas: Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas.


Policiais militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM) apreenderam na manhã dessa quinta-feira (27) três suspeitos de trafico de Drogas.

A ação foi desencadeada na cidade de Serrinha, há 18 km de Barrocas, lá os policias apreenderam dois indivíduos, Rosalvo Ribeiro Matos (Dáu) e Jadson Matos Neré (Nêna). Com eles foi encontrada certa quantidade de droga, os dois disseram aos PMs que a droga seria de um terceiro indivíduo, segundo eles de pré-nome Massapé de Barrocas.
Os homens de CETO seguiram para Barrocas e com apoio da Polícia Militar da Cidade e do Policial Civil Robenilson, conseguiram por volta das 11h capturar Gilmario Cupertino o Massapé que se encontrava em casa. Com este último foi encontrado mais drogas (Craque e Maconha) e certa quantia em dinheiro.


Os três presos seguiram com a polícia para serem apresentado ao Delegado Plantonista em Serrinha-Ba.
Ao perceber a viatura do Pelotão Especial da CETO na cidade, a população ficou assustada, imaginando que a polícia estivesse à procura dos fugitivos do Presídio de segurança máxima de Serrinha.
Droga apreendida.
A ação que culminou na apreenção da droga e na prisão dos suspeitos foi comandada pelos Comandantes; Moura Mota (CETO) e Amorin (Destacamento de Barrocas).

Segundo o Sargento Amorin, Comandante do Destacamento de Barrocas, as ações continuarão, ele disse ainda que a Polícia vem monitorando o trafego de drogas na cidade e novos suspeitos devem ser presos.
Ronda @ Nossa Voz

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Barrocas: Pai de Santo morre depois de ser picado por uma cobra.


O Pai de Santo Gelson Carvalho de Oliveira 34 anos, retornava juntamente com um amigo, conhecido como Lô, de um mercadinho onde havia ido comprar pão, no caminho de volta, segundo Lô, eles foram surpreendidos por uma cobra.
A serpente, de cor preta com papo amarelo, como detalhou o acompanhante, teria dado um primeiro bote, Gelson conseguiu se livrar e tentou correr, mas acabou caindo. Não se sabe se realmente ele foi picado num bote seguinte, mas depois do ocorrido o Pai de Santo começou a se sentir mal.
Em casa depois de tomar alguns remédios ele teria começado a vomitar até que desmaiou, Gelson foi socorrido e levado para o Hospital Municipal, onde deu entrada às 21h30min, em seguida foi transferido mais morreu a caminho de um Hospital em Salvador.
Gelson Curador como também era conhecido, costumava realizar sambas que atraía gente de diversas cidades da região, o último segundo um irmão aconteceu há quatro meses. Gelson era muito querido na região, principalmente na comunidade do Alto da Porteira onde tinha um terreiro, “ele era um pai para todos, gostava de ajudar as pessoas e nos defendia” como disse um morador.
Por diversas veses o Pai de Santo esteve no Hospital Municipal cobrando urgência no atendimentos de pessoas da sua comunidade.
Além de ser Umbandista, Gelson era praticante de Capoeira, ele fazia parte do Grupo ACEM, e há alguns dias teria mudado de faixa, chegando à cor azul.

Há quem diga que o Pai de Santo foi vítima de um enfarto, mas existem suspeitas de que um “trabalho” feito por desafetos motivou a sua morte. “Várias pessoas passou pelo local, inclusive crianças e a cobra não atacou, parece que tava esperando por ele”. Um irmão da vítima, João Carvalho de Oliveira, popular Nenezinho, confirmou a suspeita.
Muita gente tem ido ao terreiro se despedir do amigo. O sepultamento está marcado para às 16h dessa quarta-feira.
Ronda @ Nossa Voz

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Morador acende fifó como forma de protesto.


 Algo inusitado atraiu a atenção de quem passava na Rua Maria das Dores, nas proximidades do Hospital Municipal, Centro de Barrocas.

Diante da escuridão que por dias a rua se encontra, alguém resolveu protestar e para isso acendeu um fifó, ou seja, uma lata com estopa ou tecidos, encharcados em óleo, em seguida coloca-se fogo, a claridade não é das melhores mais pelo menos diminuiu o breu que a rua se encontrava.
Em Barrocas, o fifó foi muito utilizado no passado, quando não existia energia elétrica por aqui, contam os mais velhos que o senhor Pedrinho de Câdido era o responsável por os acender.  Eles , assim como os lampiões, foram aposentados depois que o Senhor conhecido como Francisquinho conseguiu enfim a energia elétrica vinda de Paulo Afonso.
Segundo algumas pessoas que estavam nas proximidades, há dias a rua encontra-se às escuras, o que teria chateado os moradores.
O fato chamou a atenção de quem passava.
Possivelmente um morador mais revoltando tenha tido esta atitude, algo positivo do ponto da mobilização, de não se calar diante da inércia do poder público na solução de problemas simples, mas é importante lembrar que este tipo de ação pode causar um incêndio, pois o fifó foi colocado num poste.

Outras ruas além da Maria das Dores estão às escuras, uma delas é a Avenida Antonio Pinheiro da Mota, justamente em frente ao Batalhão da Polícia Militar e principal acesso de estudante ao Colégio Municipal de Barrocas.
Escuridão na Avenida Antonio Pinheiro da Mota.
Da Ronda @ Nossa Voz

O recém concluído calçamento da Av. CVRD já se encontra em péssimas condições.


Na manhã da segunda-feira (24), atendendo a um chamado, nossa equipe foi até a Avenida CVRD, localizada nas imediações do antigo matadouro.
Motoristas e motociclistas alertam que mesmo sendo recém construído, o calçamento já apresenta vários problemas. “Há trechos afundando, dia desses um caminhão quase ficou atolado aqui” disse um morador. Com a chuva a situação piorou e até uma espécie de ponte ou bueiro que foi feito junto com a pavimentação, teve parte danificada na última chuva. O passeio está comprometido, e até oferece risco aos pedestres.

Um motociclista que passava pelo local disse “rapaz, não aguentou nem a primeira chuva, imagine quando vir às trovoadas, vai levar tudo, e nosso dinheiro vai junto pro brejo”.
Espera-se que a Prefeitura Municipal busque junto empresa responsável pela execução da referida obra a solução dos problemas, espera-se ainda que desta vez não acabe como no caso do muro do futuro estádio que na dúvida sobre se caiu ou foi derrubado o certo é que a obra continua paralisada.

Quanto ao calçamento, no início do mesmo, há uma placa de identificação de obra informando, Investimento do Governo Federal, através da CAIXA e Ministério das Cidades, nela é apresentado o valor de R$402.700,000 (Quatrocentos e dois mil e setecentos reais), mas refere-se ao calçamento das ruas Antonio Alves de Queiroz, José Ricardo e outras. Não há menção à Avenida CVRD que conforme nos informou um morador é o nome da rua calçada, pois vem no seu IPTU. Sendo assim não sabemos se as informações da placa referem-se a tal obra.
Entramos em contato com a empresa responsável pela execução da pavimentação, por telefone a representante que por sinal nos atendeu muito bem, nos disse que, os problemas no calçamento estão relacionados à infiltração, provenientes de um cano quebrado da EMBASA que passa por baixo da pavimentação. Ainda segundo a empresa, os reparos serão feitos assim que a EMBASA faça a parte dela, substituindo os canos. O representante da EMBASA já foi contactado pela empresa e a ela garantiu regularizar a situação o mais rápido possível.  A representante da Empresa nos garantiu que os reparos serão feitos.
Da Ronda @ Nossa Voz

Depois de ter a rede de esgoto da residência entupida, morador descobre que raízes causaram o entupimento.


Em meados de 2002 o então Prefeito Edilson preocupado em arborizar a cidade, a deixando mais bela, com sombras e ar puro, plantou nas diversas ruas, canteiros e praças a Ficus Benjamina, uma arvore originaria da Ásia e Austrália.
Com o passar dos anos e consequentemente o seu desenvolvimento, os primeiros problemas surgiram; percebeu-se que as raízes da árvore rachavam os passeios, e em alguns casos chegavam às residências, danificando pisos e encanações, as raízes quebravam a rede de distribuição de água e deformava o calçamento.
Diante de tal situação a população começou a cortar as tais árvores, por algumas vezes o ato gerou problemas para quem a cortou, mesmo assim os cortes ficaram freqüentes. Dia desses na calada da noite uma destas árvores que servia de abrigo para moto-taxistas foi cortada e novamente gerou polêmica, pois deixou os trabalhadores sem a sombra.
No último caso o senhor Zé de Virginia, morador da Rua Professora Ana Gonçalves teve a rede de esgoto de sua residência entupida, para descobri os motivos ele foi quebrando o piso até que enfim chegou ao local do bloqueio. Logo deu para perceber que se tratava de raízes da Ficus Benjamina, popularmente conhecida como Figueira. Com a ajuda dos filhos, Sergio e Salvador e ainda de amigos como Jô da Boracharia as raízes foram arrancadas e infelizmente as plantas também tiveram que ser cortadas, evitando assim novos problemas.
O comerciante Jô esteve no nosso escritório tratando do assunto, para ele sendo indispensável o corte, não deve ser feito às escondidas, Jô acha que se é realmente necessário cortar as árvores, a decisão deve ser conversada, inclusive comunicando a Prefeitura. “Eu era contra que se cortasse, mas depois de ver cenas como estas, já sou a favor, mas acho que tudo deve ser feito numa boa, sem atos escondidos, na calada da noite como já ocorreu”.
Vale lembrar que só se deve cortar as tais árvores que embeleza a cidade e dão boas sombra, em casos como o citado, que prejudique o morador, contudo é importante plantar uma nova árvore no local da antiga pois a nossa cidade depois que o Gestor plantou a Ficus Benjamina ganhou muitas sombras além do ar fica mais puro.

Um pouco mais dessa sobre a nossa árvore.
  • Nome Científico: Ficus benjamina
  • Sinonímia: Ficus benjamini, Ficus nitida
  • Nome Popular: Ficus, figueira, fico, fico-chorão
  • Família: Moraceae
  • Divisão: Angiospermae
  • Origem: Ásia e Austrália
  • Ciclo de Vida: Perene
O ficus é uma árvore belíssima, largamente utilizada no paisagismo. Infelizmente no entanto, devido a sua popularidade, o ficus vêm sendo implantado em locais impróprios, como em calçadas, ruas e próximo a muros e construções. Com o desenvolvimento da árvore, as raízes agressivas acabam provocando grandes danos às estruturas e tubulações subterrâneas, de forma que já é proibido o seu plantio em diversas cidades. Todo cuidado é pouco ao podar o ficus, sua seiva leitosa é tóxica e pode provocar irritações e alergias na pele.

Da Ronda @ Nossa Voz
Informações: Jô da Borracharia / jardineiro.net

Blog Jornal @ Nossa Voz, mais 400.000 mil acessos.

Números de acesso até a segunda-feira.
No domingo dia 24, o Blog do Jornal @ Nossa Voz superou os 400.000 (quatrocentos mil) acessos, em apenas um ano e quatros meses de contagem, uma marca que demonstra o quanto nosso trabalho vem sendo reconhecido, e como já dissemos antes estes números só aumenta a nossa responsabilidade enquanto veículo de informação.
Além do grande número de acesso, atualmente contamos com 142 membros, classificados como seguidores do Blog, se não o maior, um dos maiores entre os demais da nossa região. Isso sem falar do grande e crescente número de comentários que as matérias vêm recebendo. Portanto diante desses resultados, só temos que agradecer.
Obrigado a todos que fazem parte direta ou indiretamente dessa marca.
Rubenilson Nogueira

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

NOTA DA REDAÇÃO

Em virtude de problemas com o nosso provedor de internet, as matérias dessa segunda feira não puderam ser publicadas.

Em breve estaremos normalizando as publicações.

Obrigado pela compreensão.
Direção

domingo, 23 de outubro de 2011

PLANTÃO @ NOSSA VOZ

Copa Sisal de MotoCross
Treino do piloto Matheus.
Barroquense Matheus Nogueira chega em 2º em Euclides da Cunha na última etapa da Copa Sisal de MotoCross.
Segundo informações passadas via telefone pelo irmão e diretor da equipe Dany Cross, Danilo Nogueira, o barroquense disputava lado a lado com o Índio de Cabrobó-Pernanbuco; “foi um pega sensacional, emocionante, os dois brigando, saltando lado a lado, disputando curva a curva” disse Danilo. Infelizmente há duas voltas do final, Matheus Lama acabou caindo, mesmo assim garantiu o segundo lugar no pódio, o Índio além de vencer a prova, sagrou-se o Campeão da Copa Sisal de MotoCross na Categoria Amador, edição 2011.
Matheus foi Patrocinado pela Nunes Auto Peças, Dany Lazer Center e Bike Center.
Mais informações na segunda-feira (24).

Domingo de chuva em Barrocas.


O tempo amanheceu fechado, uma chuva fina começou a cair logo cedo em nossa amada Barrocas, por volta das 11h da manhã o volume de chuva aumentou e por cerca de 1h choveu forte.
Muita água correu pelas ruas do centro da cidade, mas para a alegria dos agricultores, na zona rural do município também se viu muita água correndo nas “levadas” em direção aos tanques de chão. Os agricultores vinham sofrendo com a seca, a água para matar a sede dos animais era escassa, o alimento praticamente acabou, logo toda a cidade sentiu o efeito vindo do campo, as vendas no comércio caíram, a carne subiu, além de outros produtos derivados do campo, ou melhor, da roça.
Celso Coelho mostra tanque que estava seco, com a chuva de hoje muita água juntou.
Neste domingo (23) o frio voltou com força, às nuvens carregadas espantou outra vez o sol que ontem ameaçou sair. Os pijamas, as jaquetas saíram do armário com aquele cheiro de naftalina.
As chuvas trouxeram alegria, mas também uma preocupação, como a patrol, ou moto-niveladora do município continua quebrada a situação das nossas estradas deve piorar.

Saída da cidade, estrada para Boa União , Umbuzeiro, Boi Preto...
Na roça, Celso mostra uma área de terra que foi preparada para o plantio no inverno, como a chuva não veio na época, ele aproveitou o momento e já plantou milho e feijão de corda. Segundo Celso, outros agricultores estão fazendo o mesmo. O pequeno agricuktor lembrou que a Prefeitura Municipal no período da seca atendeu às familias com carros pipas o que segundo ele amenizou o sofrimento dos agricultores.
Celso e sua familia já  plataram milho e feijão.
Em tempo de chuva a lama é um pequeno problema, os motociclistas são os que mais sofrem, o operador de maquinas Gilverlon, popular Zé Cação usou a criatividade e fez uma espécie de protetor contra lama para sua moto evitando muita sujeira.
Criatividade contra a lama.
Em um passeio rápido observamos que alguns taques que estavam quase secos ou até seco, com a chuva estão quase cheios, como é o caso do tanque da roça do senhor Joaquim da Boa União, popular Seu Quincas.
Tanque na roça de seu Joaquim de Dulina
Com as estradas cheias de poças, nossa equipe teve dificuldades para chegar ao destino e conseguir fazer a maéria.
Da Ronda @ Nossa Voz

sábado, 22 de outubro de 2011

Acidente proximo ao entrocamento de Lamarão , deixa cinco mortos.

Imagem G1 Bahia.
Grave acidente, envolvendo dois carros de pequeno porte e uma carreta, deixou 5 mortos, na BA 116 , trecho Santa Barbara – Serrinha, proximo a Fazenda Laçador.
Todos os mortos são da mesma família, o Gol que transportava as vítimas era conduzido pelo senhor Martin de Jesus de 48 anos, que morreu, juntamente com sua esposa, dois filhos e um parente. Além do Gol, um Corola e uma carreta se envolveram no acidente. Os ocupantes do gol teriam participado de um casamento em Serrinha e retornavam para Salvador.
O acidente aconteceu por volta das 16h45min desse sábado.
Tenha mais informações clicando aqui. (MAIS FOTOS)

Quase tudo pronto para a 1ª Vaquejada do Parque David Cordeiro em Barrocas


Empenhados em realizar a maior Vaquejada de Barrocas, os amigos Gerival e Júnior estão acertando os últimos detalhas para que a inauguração do Parque David Cordeiro aconteça como eles sempre sonharam.
Gerival Moreira e Júnior Trabuco, correm representando Barrocas por tudo Brasil, e nas festas que participam tem divulgado a 1ª Vaquejada de Barrocas, por isso vaqueiros vindos de várias cidades e estados são esperados. O Parque está localizado no Bairro do Cedro e pela estrutura demonstra que terá sucesso garantido. O maracanã das vaquejadas como Júnior costuma chamar o Parque já está quase pronto.

A preocupação da direção não é apenas em fazer uma festa, um show e sim conseguir receber bem tanto o público como os vaqueiros. Para isso a área ampla foi bem planejada.
Cartaz da Festa
Direção

Barraquinha do Saldanha foi arrombada, na madrugada desse sábado.

Dois arrombamentos em menos de 30 dias
Estabelecimentos comerciais continuam sendo arrombados em Barrocas, a situação é crítica, pois com a extinção da Guarda Municipal os malfeitores agem livremente. Outro fator que tem motivado este tipo de ação está relacionado à impunidade, mesmo registrando ocorrência dificilmente os autores são presos.
Na ação dessa madrugada, a Barraquinha do Saldanha foi o alvo, os ladrões utilizando uma tesoura, conseguiram arrebentar a fechadura e entraram no quiosque, localizado na Praça da Matriz, em frente à Igreja Católica.

 Segundo o senhor João Saldanha, proprietário do estabelecimento, há cerca de 20 dias o local já havia sido arrombado, fato que infelizmente se repetiu neste sábado (21).
Até o momento o comerciante sentiu falta dos seguintes produtos; 6 Cx. de Tridente, 3 Cx. de Halls, 3 Cx. de Chiclete Splow, 2 Cx. de Big Big, 2 Cx. de Pastilhas, 1 Cx de Gomatubo, 1 Cx de Chiclets e algumas moedas que somam aproximadamente 5 reais também foram levadas. Uma TV e um aparelho de Som que estavam no local não foi levado.
Bastante chateado com os constantes prejuízos, Saldanha desabafou: “Eu acho que uma cidade dessa era pra ter no mínimo dois Guardas circulando na Praça e na área comercial”, e continuou “eu sou um cara trabalhador, vou para casa descansar, (ou melhor, pernoitar, pois nós não descansamos), e sou roubado, isso é revoltante” pontuou, e disse “se eu não pagar o Alvará a cobrança vem, se não pagar o IPTU sou cobrado, e agora, eu tem direitos também não tenho?”, Saldanha lembrou que os políticos têm Câmeras nas suas casas, mas a maior parte da população não tem “Almir, Jai eles tem Câmeras de Segurança nas suas casas, deve ser até via satélite, e nós, e a população como fica?” Questionou Saldanha.
João Saldanha, um trabalhador que sofre com a falta de segurança.
Nós dois últimos arrombamentos segundo o proprietário o prejuízo foi de cerca de R$400,00. Perguntado se iria registrar o Boletim de Ocorência o comerciante disse que iria a Delegacia logo após conversar com nossa equipe.
Além de bagunçarem tudo os autores espalharam doces por onde passaram, alguns ficaram jogados em frente à igreja.
Doces ficaram espalhados pela rua.
João Saldanha percebeu que a “Barraquinha”, como é popularmente conhecida foi furtada às 06h30min da manhã quanto foi arrumar a mercadoria para a feira desse sábado. “Olha essa noite eu tive uma impressão de roubo, sonhei que casa de um amigo tinha sido arrombada, depois das 12 não dormi, parece que tava pressentindo”. Finalizou.
Ronda @ Nossa Voz

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

BA411: Animal solto na pista causa mais um grave acidente.


Por volta das 20h dessa sexta feira (21), uma colisão entre um carro Gol, e uma égua que estava solta na pista que liga Barrocas a Serrinha, no trecho subida dos Mudos - Barrocas deixou dois feridos.
O motorista Wesley Pereira, conhecido popularmente como Lelinho filho de Nenê do Bar, retornava de Serrinha depois de ir levar um amigo, na volta ele apanhou a senhora Valdeci Cordeiro dos Santos, 43 anos que estava no ponto aguardando carro para Barrocas e seguiu pala BA411.
Segundo Lelinho o animal surgiu de repente na pista e ele não teve como se livrar, “quando vi já tava em cima, foi um choque”, o motorista teve cortes no braço foi atendido e passa bem, já a senhora que vinha de carona levou forte pancada no rosto e continua internada no Hospital Municipal. Ela chegou a desmaia ainda no local do acidente, um rapaz que prestou o socorro disse que retirou a senhora do carro ainda desacordada, “ela levou toda a pancada por isso está bem machucada” disse.
Valdeci é esposa do comerciante Dinho do Capeta, e reside no Conjunto Habitacional Alto do Ipê - Barrocas.
Conversamos com o senhor José Milton irmão de vítima, que nos disse: “Temos que conversar com o prefeito sobre esses animais, tem que colocar um carro para pegar os bicho que fica solto, pois hoje foi à milha família, amanhã pode ser a sua e outras” disse o revoltado o popular Capa Nico.
Wesley ainda no Hospital reclamou da demora da ambulância ir prestar o socorro das vitimas, porem Lelinho não ligou diretamente para o HMB, pois não tinha o número, e sim para um amigo pedindo que entrasse em contato. Um motorista que estava no local disse que assim que o Hospital foi acionado o veículo seguiu para o local.
O veículo Gol, cor cinza escuro, ficou parcialmente destruído, o animal morreu na hora. Como sempre o dono não irá aparecer, as vítimas passaram alguns dias se recuperando, o motorista além dos ferimentos teve prejuízos, mesmo assim ambos agradecem a Deus por estarem vivos, pois há alguns meses, a poucos metros do local do acidente de hoje um pai de família perdeu á vida num acidente também envolvendo animais.
Em casos de acidentes os donos nunca aparecem.

Da Ronda @ Nossa Voz

Serrinha: Rebelião em presídio já foi controlada

Conjunto Penal de Serrinha
A rebelião no Presídio de Segurança Máxima de Serrinha, no nordeste baiano, já foi controlada, na tarde desta sexta-feira (21), após a invasão do Batalhão de Choque da Polícia Militar da Bahia, segundo informações do tenente-coronel e coordenador da operação, José Clovis Santana Vitor. De acordo com a TV Subaé, os 125 rebelados da ala C do Complexo queimaram colchões e quebraram parte da estrutura do espaço, na noite de quinta-feira, inclusive as câmeras de segurança. "Como parte da estrutura foi destruída, alguns presos serão remanejados. A operação foi tranquila. Nada foi negociado com eles, usamos apenas estratégias técnicas para contê-los", explica o PM.
O presídio serrinhense conhecido popularmente como Cebolão abriga atualmente 460 detentos, entre estes há presos barroquenses. Sempre que há rebeliões familiares, parentes e amigos ficam bastante preocupadas, nesta sexta-feira, apesar do anúncio do fim do motim, familiares continuam preocupadas e buscam por informações principalmente porque há mortos e feridos entre os rebelados.
Jornal @ Nossa Voz com Informações do Bahia Notícias.

Será um Golpe Político?

Foto da época.
Há exatos 47 anos 6 meses e alguns dias, um movimento político civil-militar - chamado de golpe de Estado, por seus detratores, e de revolução ou contra-golpe, por seus apoiadores - depôs, pela força das armas e com rapidez surpreendente, sem quase nenhum derramamento de sangue, o presidente João Goulart. 

Em Barrocas, é fato que a atual administração vem passando por sérios problemas, alguns deles são mostrados aqui mesmo neste blog. A população barroquense tem acompanhado de perto todos os acontecimentos e boa parte dessa gente vem percebendo que algo muito bem arquitetado pode está por traz de tanto erro.
O atual prefeito além de fazer parte do “Grupo Barroca Livre” foi apoiado pelo principal cacique da política barroquense, o ex-prefeito José Edilson que o escolheu contrariando outros líderes que confiavam que o vice Joseval fosse o candidato natural. Diante desse apoio (para alguns temendo uma derrota) o Prefeito eleito José Almir, manteve no cargo praticamente 100% dos funcionários e secretários que fizeram parte da gestão anterior.
Almir e Edilson
No início do mandato o Gestor cheio de motivação e de novas idéias tentou melhorar alguns setores da administração que vinham recebendo sérias criticas, mesmo com dificuldades dentro de equipe Almir mudou a cara da segurança pública que na época não tinha nem viatura, o prefeito valorizou o trabalho da polícia, conseguiu sede para o Batalhão da PM, duas viaturas e combustível, diferente de tempos passados onde políticos difamavam, denegria e em noitadas nos bares muitas vezes solicitava a presença dos policiais para retirar do ambiente aqueles que não concordavam com os rumos da gestão, quando a polícia não agia como eles queriam todos sabem no que dava.
A atual gestão ainda conseguiu sede e ampliou a Guarda Municipal. Começou a organizar o transito e por alguns meses pôs ordem na Praça São João. Tempo depois, não se sabe o porquê a segurança foi deixada de lado, e os avanços tiveram retrocesso. Claro que teria muito mais a ser feito.
Na saúde Almir contrata mais médicos, enfermeiras e motoristas, consegue ambulâncias novas, compra com recursos próprios um micro-ônibus e acaba com um sério problema, a necessidade de autorização do Prefeito para que as ambulâncias atendessem a população. Com tudo o Prefeito não muda o quadro funcional do alto escalão e segundo a população são esses os responsáveis pelas principais criticas que a saúde continua a receber. Claro que teria muito mais a ser feito.
Esporte: Não direi que o atual gestor inventou o esporte na cidade, pois não posso esquecer-se do trabalho de pessoas como Marlon Nunes, Gavião, Macaco, Roque Mota, Paulino Capoteiro que há anos já sofriam para fazer esporte na cidade, mas não há quem não reconheça que hoje o esporte tem total apoio, desde o Bicicross, MotoCross, ao Futsal, Futebol, e não apenas na sede, mas nos povoados. Almir não só construiu quadras como antes, ele fez a bola rolar. Claro que teria muito mais a ser feito.
Obras: Em se tratando de obras se você leitor fizer uma análise bem profunda e consciente, sem partidarismo ou paixão política, verá que muito foi feito em 2 anos e 10 meses, comenta-se que mais do que em certos momentos da gestão anterior. Isso tendo o Gestor enfrentado uma crise logo no primeiro ano, recessão mundial e queda de receita. Agora mais uma crise internacional se inicia, e o Brasil começa a sentir os efeitos. Diante dessa situação Almir manteve o ritmo de trabalho no município, calçando várias ruas, construindo a Praça da Bíblia, Posto de Saúde. Nos povoados, Triplicou o calçamento do Cedro e fez uma Praça bem maior e mais bonita que a antiga, transformou o Rosário de tal forma que 85% dos moradores consideram seu mandato como ótimo. Em outras comunidade que antes nuca haviam sido assistidas ou que receberem poucas ações, como Lagoa Redonda, Umbuzeiro, Periquito, Alambique, Brasileiro, Barreiras para não citar todos e ainda buscou na esfera estadual e conseguiu a tão sonhada recuperação da BA411, a duplicação e iluminação do trecho Santa Rosa Barrocas, escola da Pro - Infância, e está enfim erguendo o Matadouro Industrial, isso sem falar da construção da Sede Própria da Prefeitura depois de oito anos pagando aluguel. Graças à boa relação com o Governo do Estado a BR que liga Barrocas a Teofilândia poderá sair no próximo ano. Claro que teria muito mais a ser feito.
Social: Nesta área seria melhor a própria população se manifestar, mesmo assim lembro apenas de que hoje o povo é tratado com carinho, um aperto de mão sincero, sorriso no rosto sempre que busca assistência, as ações da secretaria deixaram de ser apenas fictícias.
Comemorações: Em Barrocas pela primeira vez se comemorou o dia das Crianças, o dia dos Evangélicos, no Aniversário da Cidade ao invés de grandes festas mundanas, comemorações Religiosos trazendo Paz, amor e prosperidade para a cidade, atitude elogiado por todos os cidadãos de bem de Barrocas e da região.
Então na atual gestão tudo são flores? NÃO!
Servidores reclamam de salários atrasados, há obras paralisadas, a educação não anda bem, máquinas estão quebradas, muitos funcionários contratados , alguns sem trabalhar, dentre outros problemas.
Diante de tais afirmativas, surge uma pergunta. Quem são os secretários das pastas mais criticadas? Os pagamentos estão relacionados a que secretaria? E quem comanda esta pasta?
O momento é complicado, seria a hora de fazer uma reforma e deixar a população ciente da realidade. Mas o "bondoso", "generoso" e "fiel" prefeito José Almir continua ligado ao Grupo, inclusive contrariando alguns aliados permaneceu no atual partido o PR, rejeitando um convite do vice-governador Otto Alencar para se filiar ao PSD, pois incrivelmente acredita que o grupão lhe dará o direito à reeleição assim como Edilson teve o seu. O prefeito talvez não se lembre do que o “Grupo” fez com Joseval Mota.
O Prefeito vem levando a culpa, e em alguns casos não tem nada a ver com o problema, como no caso das cassas populares que os beneficiários tiveram que invadir, e muitos as encontraram inacabadas, situação que complicou as parcerias com o Ministério das Cidades. Mesmo assim Almir preferiu ficar calado, e sobre o dinheiro da Vale, até hoje não se sabe como em apenas uma semana gastou-se tanto.
Dia desses ouvi uma pessoa dizer: “Se Almir não for para o céu, já tô no inferno a muito tempo”.
Nos bastidores muitos comemoram os erros da gestão e conseqüentemente as publicações desse blog. Nosso trabalho vai continuar, não para agradá-los, mas sim buscando resolver os problemas que travam nosso desenvolvimento, e prejudicam a vida dos barroquense, por querer que as coisas boas voltem a acontecer como no início da atual gestão, e em alguns pontos até como na gestão de Edilson. Mas saibam que temos consciência do que verdadeiramente tem destruído esta gestão, sabemos quem são os verdadeiros culpados assim como sabemos quem mesmo sob nova direção continuou trabalhando com seriedade e quem também entrou e não colaborou.
Hoje quinta-feira (13), tive mais uma prova do provável golpismo político que o atual prefeito vem sofrendo. Um rapaz que traria os irmãos para o CAPS foi informado por um vereador de que o centro não estava mais funcionando, segundo ele por falta de pagamento aos funcionários. O homem desconfiado como muitos barroquenses já estão, resolveu ligar para o CAPS e descobriu que o mesmo estava em pleno funcionamento. O vereador passou por mentiroso e o homem que assim como eu e talvez você, sabe o que esta acontecendo em Barrocas ficou anda mais convicto.
Outro ponto interessante, é que o atual prefeito vem talvez, sem perceber, financiado a suposta campanha de muita gente por aí que já arquitetam a volta ao poder.
Funciona assim conforme descobrimos: Exemplo: Um caminhão pipa de alguém ligado a ala do “Coronel Timóteo” (como diria Gelson da Farinha), recebe da prefeitura para rodar, mas quando coloca a água nas residências diz que quem mandou foi o Coronel.
Outros casos, servidores engavetam notas e cheques prontos para serem pagos, só para retardar o recebimento e levar os credores a um estado de extrema chateação. Logo “detonam” o prefeito e eles por traz comemoram, vibram como nos contou um dono de empresa que presta serviços a Prefeitura Municipal e anda cansado das idas e vindas.
O Grupo e as críticas: Lembro que quem critica hoje, e não sou contra que se critique, mas o que me intriga é que antes nada falava da péssima qualidade das casas populares (uma das piores da região), apesar de ter um exímio construtor como responsável. Antes não se cobrava que os médicos possuíssem CRM, naquela época tinha até gente da Bolívia dando umas voltinhas por aqui. Antes se calou quando as viaturas estavam quebradas, e para consertar o comércio precisou arcar com os custos. Antes a família toda podia fazer parte da folhar, sendo muito bem remunera e ninguém dizia nada, naquela época nepotismo era quase uma moda. Hoje se um tá envolvido e muitas vezes tentando ajudar, sem êxito já que não o permitem, pelo contrário virou o culpado por todos os problemas. Será?
Antes tudo era maravilha, mas para os “escolhidos”, hoje continua sendo, mas do ponto de vista das benesses, já para outros, é carro velho com pneus carecas, tanque furado, e mais; cheque sem fundos, agiotas reclamando de falta de pagamento. Já os escolhidos, continuam a desfrutar do tesouro de Seráfia, deixado em Brogodó bem escondido, enquanto o Prefeito Patácio vivi tentando inaugurar um gerador e declarando amor eterno ao Coronel que segundo dizem, é quem tem acesso ao tal tesouro.
“Só é livre quem tem o poder de dizer não ao erro”
(Autor desconhecido)
Por Rubenilson Nogueira

Sugestão: Ou invés de ficarem se engalfinhando, uns esperando o pior, outros tentando sem êxito avançar, se juntem, se unam para amenizar os problemas e o sofrimento do barroquense, melhorem administração e depois decidam quem será ou serão os candidatos. O que não pode é o povo pagar por esta disputa pelo poder. Lembro mais uma vez que são todos de um mesmo GRUPO.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Pira onde por alguns dias o fogo simbólico ficou acesso, está abandonada em Praça Pública.


Passados mais de 30 dias, das comemorações da semana da pátria, um dos símbolo utilizado nessa comemoração, esta abandonado na Praça da Matriz em Barrocas.
Um cidadão entrou em contato com nossa equipe, indignado com a situação, pois para ele é no mínimo uma falta de respeito. “Além da questão cívica, fica clara o descaso com o dinheiro público, pois no próximo ano o município terá que confeccionar outro “artefato” desse, pois o daí não servirá mais, alguém deve estar lucrando com isso” disse o barroquense.
No ar algumas perguntas, será que o Prefeito é quem deve ir lá apanhar e guardar a tal pira, cripta, pedestal? Não tem ninguém responsável por este tipo de serviço na gestão?
O que está faltando, competência, vontade ou capacidade?
Ronda @ Nossa Voz