segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Barrocas: Com placar apertado, BA-VI entre amigos do trecho termina empatado

Fotos: Kauã Sherman Nogueira
Na manhã do domingo, dia 29 de dezembro, aconteceu no Clube de Campo Selão, a nona edição do BA x VI dos amigos (Cavalinho x Nelson). A partida que reúne principalmente trecheiros, mas também amigos que torcem para as duas principais equipes do futebol baiano, era vista com grandes expectativas, todos os jogadores presentes queriam levantar a então orelhuda.

Os jogadores foram chegando por volta das 7 horas, e a resenha rolava solta, os Rubro-negros se mostravam confiante que ganhariam e os Tricolores retrucavam se gabando da superioridade nos confrontos anteriores.

Clássico reúne anualmente amigos que torcem para o Bahia e Vitória
Com tudo pronto a bola foi posta no meio do campo, para, iniciar o 9° BA x VI. Após o apito, pelota em jogo foi o Bahia que pressionou com a intenção de abrir o placar no CCS, mas, não demorou muito para que o time do Vitória se organizasse e também começasse a ameaçar o adversário. No primeiro tempo grandes chances foram criadas para ambos os lados, jogadas que arrancaram suspiro dos torcedores que se fizeram presentes. Mesmo com ataques constantes os primeiros 40 minutos terminou com dois zeros no placar - Bahia 0x0 Vitória.

Um dos destaques da etapa inicial foi o garoto Matheus, que, aprontou com a zaga dos tricolores criando diversas chances de perigo, mas foi justamente aí que o zagueiro Rangel também se destacou conseguindo segurar bem a rapidez e talento do jovem craque, e demais investidas do Vitória, e ainda levar perigo ao gol do arqueiro Elizeu em cobranças de faltas certeiras. 

No segundo tempo, o time do Nelson (Vitória) entrou no jogo com mais gás, o time se mostrava mais rápido e destemido comparado ao do Bahia, destaque para Nei de Caim, que chegava ao ataque com perigo e deixava os zagueiros preocupados com o seu chute. Os Rubro-negros tentavam e insistiam para que a bola fosse parar no fundo das redes, porém o último toque não encaixava.

Rangel e Matheus fizeram bonito no clássico - Foto: Kauã Sherman
Somente aos 30 minutos do segundo tempo, saiu o primeiro zero do marcador, Nei de Caim chegou livre ao ataque e marcou num belo gol para o Vitória, placar Vitória 1x0 Bahia. Os tricolores ficaram abismados e sem reação nos minutos seguintes, até que treinador Leandro 'Chacal', pôs Neguinho em campo. O jogador deu gás ao Bahia e partiu pra cima dos adversários, e, no apagar das luzes, Hilter João, o Itinha, achou uma grande chance de gol, ele sabia que não podia deixar escapar, caprichou e balançou a rede, empatando a partida. O time do Vitória ainda tentou um último ataque, para retomar o placar favorável, sem sucesso. Final de jogo Bahia 1x1 Vitória.

Após a partida, os jogadores e familiares se juntaram em confraternização pelos nove anos de história do clássico entre amigos. Na área coberta do Clube teve show ao vivo com Cardosinho dos Teclados: "É muito satisfatório saber que, um evento que começou do nada tomou uma proporção tão grande" destacou Cavalinho, já Nelson lembrou: "Quando nós começamos, comprávamos os uniformes do nosso bolso, hoje, fazemos com a ajuda de todos". 
Além de Cavalinho e Nelson, participaram na coordenação, Rairon, Ney e Leandro, que fizeram questão de agradecer a todos pela presença e pelo apoio, e já avisaram que no ano que vem tem a 10º edição.

@ Nossa Voz - Por Kauã Sherman Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário