quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Será mesmo um elefante branco?


Em conversas nos famosos pontos de cafezinhos da cidade, um dos assuntos mais comentados e discutidos diz respeito à construção do Matadouro Frigorífico de Barrocas, obra que recebe recurso do Governo Federal, uma bolada como mostra a placa afixada no local, seriam R$2.526,873,72. (dois milhões, quinhentos e vinte e seis mil, oitocentos e setenta e três reais e setenta e dois centavos”).
Este valor deve ser gasto com a construção, aquisição de equipamentos e veículos. A empresa responsável pela obras é a mesma do Estádio Municipal, Escola de Educação Infantil a JR Empreendimentos Ltda. ME, que está aparentemente realizando a obra em conformidade com o projeto, é bom que se diga que não cabe a ela analisar se o Matadouro será viável.
Clique na imagem para ampliar.
A questão é, será que o Matadouro Frigorífico realmente funcionará? Segundo informações quando estiver em atividade a despesa mensal ficaria em torno de R$90.000,00 (noventa mil reais) por tanto será necessário abater grande quantidade de animais para que opere com receita própria.
O matadouro foi uma conquista do ex-prefeito José Edilson, junto ao CODES Sisal. O ex-prefeito chegou a cobrar da atual gestão a execução da obra.
Comentam-se nos citados pontos que o investimento será em vão, pois para os críticos não haverá demanda de animais para o abate, já que outras cidades da nossa região também já estão construindo Matadouros como o de Barrocas. Até apostas já estão sendo cogitadas, dia desse um comerciante chamou um vereador para apostar; “Aposto minha moto contra a sua que nenhum boi será morto ali” disse.
Com o valor gasto no Matadouro, daria para construir cerca de 210 casas populares ao custo de R$12.000,00 (doze mil reais) cada ou 21 quadras de esportes com palco ao custo de R$120.000,00 (cento e vinte mil reais) cada uma.
A mesma placa que informa o valor do investimento mostra também que a obra beneficiará 800 famílias. É o que esperamos que aconteça!
Por Rubenilson Nogueira

8 comentários:

  1. Caros leitores, tenho uma ideia sem se basear em dados nenhum no entanto vejo que a nossa cidade esta construindo muitas coisa que depois a propária prefeitura não vai da conta de da manutenção ( Frigorifico, Estadio de Futebol e outros)assim virando um elefante branco. Temos que botar em mente que a nossa cidade já chegou em um patamar estável, temos que fazer pavimentação, quadras de esportes, escolas Técnicas e fabricas, que não depende de tanto dinheiro publico, assim melhorar a qualidade de vida. Não adiantar fazer Frigorifico, estadio de futebol, aeroporto, ficar brincando de construir , inventando coisas, que a nossa cidade não suporta, daqui a uns dias a prefeitura não vai ter como pagar as próprias contas.. Vamos construir escolas para curso Técnicos, incentivar o Esporte, como já temos na cidade alguns campeões - Bicicros, natação e outros... Não sei se passar a msn que queria mas volto a repetir.. Não adiantar ficar inventando em construir coisa que não vai funcionar, vamos pensar nas pessoas incentivar a ser cursos profissional, esportes..

    ResponderEliminar
  2. Desse feito fica dificil, se o municipio não crese o povo fala, se cresce com importantes obras o povo fala também. O que será que esse povo quer? Cusro de capacitação quem quizer var fazer com seu proprio recurso e não fique esperando por prefeitura, pois não tem nenhum fundo destinado a esse fim.

    ResponderEliminar
  3. Amigo concordo com voce em geração de emprego , mas esse Frigorifico tambem vai gerar emprego e renda ,os magarefes da nossa cidade tem muita dispesa para abater os animais em outra cidade , essa renda ja vai ficar aqui, nossa carne será bem mais saborosa , abatida na hora , pense nisso.

    ResponderEliminar
  4. Nós barroquensses, temos um solo muito bom capaz de produzir tudo que lhe semear, porem sem a chuva, isto não é possivel, o sinsal veio a ser a plantação mais adequada. No entanto hoje não é mais, o sinsal deixou muitos homens em Barrocas e em cidades proximas muito bem financeiramente, tambem deixou muitos pai de familia mutilado,comtudo quem trabalhou no sinsal, um dia chamado de ouro verde fala com orgulho do que já fez, más diz que hoje deus livre ele de ter que voltar a trabalhar e que deus livre os seus filhos de ter que fazer o que ele já fez, no que se refere cultivo do sinsal.

    ResponderEliminar
  5. Quanto as obras que estão sendo feita em Barrocas e se elas são ou não viaveis ao desemvolvimento do municipio, resta a nós esperarmos para ver e eu em particular quero estar errado quanto ao matadouro pôs acho que será um elefante branco.

    ResponderEliminar
  6. O atual prefeito de Barrocas, teve a condição de mudar a nossa história, quando recebeu a prefeitura com oito milhões em caixa para fazer o que ele quizesse no municipio, talvez outro prefeito nunca venha a ter esta oportunidade. E se o problema de nosso municipio é falta de emprego, então porque não montar fabrica que use alguma coiza no que se refere a materia prima inportada. Por exemplo podia se adequerir alugado ou construir um galpão, comprar máquinas de marcenaria, contratar marceneiros para ensinar aos jovens a arte,depoi contratava um desaine de móveis,inportava a madeira, o maderite o compensado e etc... dai fabrivam-se cadeiras, mesas,cama e outros móveis para ser vendido em Barrocas em outras cidades da Bahia e quem sabe até em outros estados do nosso Brasil, com isto ganhava quem fabricava, ganhava quem viajava para vender, ganhava o comércio local e ganhava o municipio.

    ResponderEliminar
  7. temos ai uma obra ,na qual era isso mesmo que mais uma vez esta acontecendo nunca termina ,mas o dinheiro some ou melhor desaparece nos bolso das pessoas envolvidas o ex prefeito faz que constroi e depois e o atual concorda E A SOCIEDADE PERDE .PRAÇA ,SEM FAZER .ESTAADIO RUAS SEM CALÇA ETC,EO DINHEIR DESAPARECE NO BOLSO DO GRUPO BARROCAS LIVRE.

    ResponderEliminar
  8. Barrocas hoje é uma cidade bonita. Praças, pavimentações, saneamento etc. O Edilson realmente transformou Barrocas.Agora é so ter a preocupação de conservar. Quanto ao estadio, nem é tão importante atualmente, Barrocas não é sede dos jogos da copa de 2014. O antigo campo da rua de baixo dá para quebrar o galho, passaria por uma reforma e ficaria apto para o campeonato local. Com relação ao frigorífico, é uma necessidade, alem de gerar empregos, vai dá oportunidade de abatimento na propria cidade,evitando o deslocamento dos "magarefes" para cidades vizinhas.

    ResponderEliminar