sexta-feira, 18 de março de 2016

Barrocas: Cansados de sofrer, moradores da Rua de Baixo querem solução para problema antigo


Infiltração e acúmulo de água parecem problemas insolúveis e preocupam moradores da histórica Rua Antônio Alves de Queiroz a conhecida Rua de Baixo.

Localizada às margens da linha férrea, nas proximidades da antiga estação, foi lá que surgiram as primeiras casas, lá formou-se a primeira rua do então povoado de Barrocas, porém mesmo com essa referência história, mesmo depois de 16 anos de emancipação, moradores sofrem com problemas de infiltração e acúmulo de água.

Segundo os moradores há anos esperam por solução, porém nada mais que serviços paliativos foram realizados pela Secretaria de Obras; "vivo a anos de frente com essa água empoçada" revelou um morador.

Canaletas na base da parede de contenção, poderiam direcionar a água para a rede de esgoto.
Mesmo sem experiência na área, nossa reportagem constatou que basta um serviço de drenagem para que água que vem do grande canteiro que compreende a área da ferrovia, possa escorrer até a rede de esgoto ou mesmo desaguar na baixada;

"Para não ver água entrar no quintal de casa mandei capinar aqui e ajeitar o esgoto, que deveria descer pra lá pra baixa" revelou um morador.

O Centro de Abastecimento fica localizado a metros do local onde água está acumulada
A população da região teme que o acúmulo de água propicie a proliferação de doenças e se torne criadouro do mosquito Aedes aegypti. Uma senhora relatou que, os agentes de saúde e endemias classificam o local como perigoso e de alerta para contaminação de crianças devido a presença de moscas e a proliferação de mosquitos, inclusive o Aedes.

@ Nossa Voz - Da Redação - Participação Popular

Sem comentários:

Enviar um comentário