segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Barrocas: Em entrevista exclusiva, Prefeito Jailson Ferreira falou sobre o Pagamento dos Servidores referente à Dezembro e lamentou situação que recebeu a Prefeitura.


José Jailson de Lima Ferreira, o conhecido Jai de Barrocas recebeu em seu gabinete no final de tarde desta segunda-feira (23) a repórter Daniele Oliveira, com quem falou sobre a situação dos servidores municipais que não receberam salários de dezembro.

A entrevista para a Rádio A Nossa Voz, vai ao AR no Programa A Minha A Sua A Nossa Voz nesta terça-feira, (12 às 13:10).

Durante a entrevista o prefeito apresentou diversos documentos que segundo ele comprovam que recebeu a prefeitura com muitas dívidas, entre repasses ao INSS e PASEP, que foram parcelados além de pendências junto a Embasa e Coelba. 

"A Prefeitura de Barrocas para poder pagar isso aí tem que ser via justiça..." segundo o Prefeito essa teria sido a orientação do Tribunal de Contas do Município, procurado por ele diante dos muitos comentários que circulavam na cidade.

Sobre a situação financeira do município o gestou explicou; “Ele além de não ter deixado recursos em conta, deixou um verdadeiro absurdo de débitos para se pagar. De imediato só de INSS de Barrocas você ver um parcelamento de 1 milhão e 900 mil reais...” Jailson relatou outros parcelamentos que segundo ele estão dificultando a administração. Estes parcelamentos teriam sido feitos no dia 28 de dezembro, há apenas 3 dias do ex-prefeito encerrar o mandato.

Sobre o pagamento dos servidores, o prefeito disse que no Tribunal de Contas dos Municípios foi orientado a procurar o Ministério Público; “Fui ao Ministério Público, conversei com a Promotora Dr. Letícia, pedi a ela uma audiência junto à categoria”, o encontro aconteceu com a presença dos membros da APLB e representantes dos professores na última quinta-feira. O prefeito afirma que mostrou todos os extratos e explicou a situação financeira da prefeitura.

Justificando o não pagamento, o gestor afirmou que nem o recurso necessário para pagar a ‘sua’ folha, salários referente janeiro está garantido, mostrando os documentos afirmou; “Hoje eu tirei esse extrato (mostrou)... hoje com a receita que entrou no dia 10 e dia 20 no município de Barrocas eu só tenho apenas R$393.444,00 (trezentos e noventa e três mil, quatrocentos e quarenta e quatro reais) em conta". Para pagar a folha, informou que é precisa quase 700 (setecentos mil reais); "Eu não fechei o recurso ainda de pagar sequer a minha folha, imagine pagar a minha folha e a folha do ex-prefeito”.

E ponderou; "Entendo que os professores não podem ficar sem receber, é uma obrigação do município de Barrocas, o município um dia terá que pagar eu vou me esforçar muito para que isso venha acontecer, inclusive falei com a diretora da APLB no sábado para que a gente movimentasse isso de imediato entrando na justiça, ela disse que deve tá entrando essa semana, pra que a gente junto vá à justiça e faça um acordo" revelou. 

Diante das afirmações do Prefeito, percebe-se que poderá haver sim um acordo mas sem data confirmada para os pagamentos. Em outro momento o atual prefeito lembrou que se trata de uma irresponsabilidade do seu antecessor; “deixando bem claro que isso não é uma responsabilidade do Prefeito Jai, foi uma irresponsabilidade do ex-prefeito ele não ter cumprido, que só Barrocas na região não pagou, todos os outros municípios pagaram e Barrocas não pagou”.

Ao que tudo indica, os salários só serão pagos mediante ordem judicial o que pode demorar muito tempo; "A intenção nossa é pagar, a nosso intenção é que seja inclusive judicializado, porque se não for judicializado eu não tenho dotação orçamentária para pagar, é débito de ex-prefeito. Precisa ser feito a judicialização, lá a justiça vai determinar como a Prefeitura vai ter que pagar e a gente vai buscar a dotação dentro da área judicial. Assim a gente pode pagar, e eu vou me esforçar muito para que isso aconteça não tenha dúvida".

Sobre esta afirmação de que todos os municípios pagaram, apuramos que outros prefeitos no território também assumiram a gestão com pagamentos de salários pendentes, alguns, a exemplo de Tucano, o novo prefeito já até iniciou os pagamentos referente a dezembro, mesmo sabendo que a responsabilidade seria do gestor anterior.

Ouça a entrevista completa nesta terça-feira (24), programa começa meio dia.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira / Entrevista e Foto: Daniele Oliveira

Sem comentários:

Enviar um comentário