terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Barrocas: Jegues são mantidos presos em curral, sem água e comida

Fotos: Daniele Oliveira
Os animais encontram-se debilitados tanto pela falta alimentação como pela sede, eles foram colocados em local improprio, 'o espaço é pequeno' como informou um homem que presenciou a cena e resolveu denunciar.

Segundo o denunciante que pediu para não ser identificado, os jegues estão no curral do antigo matadouro, desde a manhã da segunda-feira (16), quando um rapaz que estaria a serviço do município os prendeu. O único alimento que consomem são alguns galhos e palmas que os moradores jogam. Um deles esta tão debilitado que mau consegue andar, o curral está trancado por correntes e cadeados.

"Isso não pode acontecer, tá correto retirar das ruas mas deixar morrer de fome e sede, não, é crime o que tão fazendo com os bichinhos inocentes" protestou.

Não conseguimos informações sobre quem seriam os donos dos animais
O curral que fica próximo a linha férrea ao lado da escola Jorge Luis é propriedade do município. Não é certo criar animais nas ruas como se tornou comum em Barrocas, vivendo assim, estão em risco e podem provocar acidentes além de destruírem os jardins da cidade. O recolhimento de animais em tal situação deve ser feito, mas eles devem ser levados para local apropriado.


Lei Federal 9.605/98 – dos Crimes Ambientais

Art. 32º: Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. Pena: detenção, de três meses a um ano, e multa.

@ Nossa Voz da Redação - Por Daniele Oliveira

Sem comentários:

Enviar um comentário