domingo, 29 de dezembro de 2019

Barrocas: Clássico Ba-Vi termina empatado no Povoado de Rosário

Jogadores Índio e Bobo marcaram os gols da partido - Foto Reprodução
Na manhã deste domingo (29), aconteceu no Povoado do Rosário, localizado à 6km da sede do município de Barrocas, mais uma edição do já tradicional clássico Ba-Vi, que segundo o atleta Diego Ferreira, completou neste ano 21 anos de história, sempre com partidas muito bem disputadas, marcadas pelo equilíbrio e claro, pela rivalidade entre as duas torcidas que formam os elencos.

Equipe do Bahia comandada pelo técnico Augustinho Ferreira - Foto Reprodução
No primeiro tempo foi o Bahia que se saiu melhor, tirando o primeiro zero do placar com um belo gol do Índio cobrando falta. Em seguida o jogo teve oportunidade para ambas equipes, mas sem êxito nas finalizações. Já no segundo tempo, foi o Vitória que em desvantagem, se organizou para buscar o resultado e o gol saiu em mais uma jogada de bola parada, o belo gol foi de Bobô cobrando falta, igualando o marcador em 1X1, resultado final: "Esse ano foi pegado, eles saíram na frente com gol de Índio, eu empatei de falta também. Grande Ba-Vi um dos mais pegado que já joguei" afirmou o craque Bobô.

Em 2017 o jogo também acabou empatado, mais o placar foi de 4X4, já no ano passado o Bahia venceu o duelo por 2X1 (ver aqui), sendo assim, o empate de hoje foi até um bom resultado para os tricolores.  

Equipe do Vitória sobe o comando do técnico Jorge do Rosário - Foto: Reprodução
"O povoado teve um dia muito movimentado pois teve o bingo após ao jogo em prol da comunidade de Nossa senhora do Rosário e finalizando com o show de Roque Matos para animar a galera. Esse ano teve um diferencial a solidariedade dos jogadores onde cada um doou um quilo de alimento para contribuir com a comunidade", destacou Diego Ferreira.

@ Nossa Voz Esportes - Por Rubenilson Nogueira - Fotos: Reprodução

Sem comentários:

Publicar um comentário