sábado, 25 de julho de 2015

Barrocas: Presidente usa Facebook para explicar confusão envolvendo funcionário da Câmara de Vereadores


Na manhã deste sábado um boato se espalhou pela cidade, segundo o mesmo, o Presidente da Câmara de Vereadores, Antonio Carlos Lima Ferreira estaria envolvido em mais uma confusão. Desta vez com um funcionário da Câmara de Vereadores.

O fato ocorreu entre a noite de sexta-feira (24) e a madrugada deste sábado (25).


Um texto relatando o episódio circula principalmente via WhatsApp em vários grupos, e até em blogs local; "Gente fiquei triste ontem com o que soube do Presidente da câmara de vereadores: Ontem por volta as 24:30 minutos.O presidente mandou dois funcionários dele agredir fisicamente com vários soco o funcionário da câmara keu de Carlos de Isaías, por que o mesmo disse que votava em Geul para Vereador. Isso aconteceu no próprio comercio dele onde os quatros estavam bebendo e começaram a falar em política. Pessoal divulgue esse comentário que é para a população ter consciência na hora de escolher o próximo gestor de Barrocas", o autor do texto não se identificou.

Diante de repercussão do fato, o próprio vereador conhecido como Tonho da Loja tratou de se explicar, para isso usou o seu perfil no Fecebook; 

"Quero esclarecer a todos que mais uma vez estão com conversas falsas sobre a minha pessoa, na verdade ontem a noite estava no Supermine com vários funcionários e um amigo chamado jacó depois chegou Quei de vanda procurando problema primeiro foi dizer que só estava trabalhando na câmara por causa de guel e germinado até aí tudo bem,depois ele começou esculhambar todo mundo inclusive Edilson, na hora que jacó defendeu Edilson ele deu um tapa na cara de jacó. Jacó queria revidar imediatamente e eu impedir que isso acontecesse, jacó com razão ficou se lamentando do tapa na cara que tomou e quando Quei saiu pra rua jacó e márcio revidou. não foi pior porque eu cheguei na hora e pedir pra parar" escreveu.



Num dos comentários, um perfil denominado Muda Barrocas, supostamente mais um Fake, cogitou o envolvimento do sobrinho do vice prefeito na confusão; "olha gente foi Diogo a mando de tita que mandou kei criar problema pra depois eles criarem comentários políticos contra vocês, vamos abrir o olho,Diogo está preparado só para arrumar confusão, esse Diogo é mala suja" acusou.

Irmão do vereador o ex-Secretário de Finanças Jailson Ferreira comentou a postagem; "Amigos vamos pedir muita força a Deus,o jogo político desse povo é muito sujo,mais o povo Tonho já sabe quem são eles" escreveu.


Citado, Diogo se defendeu, através do WhatsApp; "Eu momento algum vir key estava viajando pela manhã cheguei pela tarde E estava no bar em dio nego tomando uma quando recebi uma ligação que o meu outro carro quebrou se fui pra casa da assistência ao meu motorista acionado o Seguro em seguida fui durmi pois não ando na madrugada" se defendeu.

Na postagem o Presidente da Câmara não direciona a confusão como que tenha sido provocada por adversários políticos, inclusive ele diz que a vítima teria declarado voto no Vereador Miguel Carvalho, conhecido como Guel que é filiado ao DEM, mesmo partido do Presidente. O motivo seria pelo fato da vitima ter, segundo ele, "esculhambado todo mundo" inclusive o ex-prefeito José Edilson.

Salvem-se quem poder! Há pouco mais de 1 ano das eleições municipais, pelo que se observa a política de Barrocas caminha para o mais baixo nivel de todos os tempos, talvez ainda pior do que a campanha do ano anterior. Enquanto isso projetos e  propostas para o município vão ficando de lado do debate mais uma vez, com isso o eleitor sem ouvir dos pré-candidatos o que querem fazer se eleitor forem, não sabem se vota na melhor opção ou no menos pior. O clima é de Ba-Vi, onde a paixão fala mais alto que a razão.

Obs: Todas as publicações aparecem aqui como foram escritas na integra sem correção.

Como as manifestações a cerca do caso, ocorreram em redes públicas não procuramos os envolvidos para que comentassem, porém um irmão do rapaz que teria sido agredido procurou nosso redação e disse que em breve ele iria se manisfestar sobre o ocorrido. O Jornal A Nossa Voz deixa aberto espaço para que todos possam se pronunciar.

@ Nossa Voz - Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário