quarta-feira, 22 de julho de 2015

Número de homicídios caí na Região do Sisal, em Barrocas houve aumento.

Subiu o número de crimes violentos letais intencionais no município de Barrocas, aponta relatório da PM
O 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), por meio da assessoria de comunicação social, apresentou na última sexta-feira (17), no auditório da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), um relatório estatístico analítico de ocorrências e ações do BPM referente ao primeiro semestre de 2015.

Presidida pelo comandante do 16º BPM, Tenente Coronel Nilton Paixão, o evento contou com a participação do Capitão Agassiz Jorge Sampaio, chefe da assessoria de comunicação social, do Capitão Joilson Lessa, coordenador de planejamento operacional e instrução, e radialistas.

Dentre os 19 municípios cobertos pelo 16º BPM, as cidades de Barrocas e Valente registraram aumento no número de Crimes Violentos Letais Intencionais CVLIs nos cinco primeiros meses deste ano. Pulou de 0 e 1 em 2014 para 4 e 3 em 2015, respectivamente.

Os números do relatório apontam uma redução de 7,94% na estatística de crimes violentos letais intencionais (CVLI) nas 19 cidades que compõem a área de atuação do 16º BPM (Serrinha, Santa Bárbara, Santanópolis, Lamarão, Barrocas, Teofilândia, Araci, Santaluz, Valente, São Domingos, Retirolândia, Coité, Riachão do Jacuípe, Pé de Serra, Nova Fátima e Capela do Alto Alegre, Ichu, Candeal e Tanquinho).


Tenente Coronel Nilton Paixão
O levantamento equivale ao período de janeiro a junho de 2015, comparado ao mesmo período do ano passado. Nos cinco primeiros meses de 2014 foram registrados 63 homicídios na área do BPM. Este ano, foram 58.

Ainda segundo o balanço, nos cinco primeiros meses do ano, 17.966 veículos foram abordados, sendo que 271 foram conduzidos para averiguação, 265 foram notificados e 9 foram recuperados.

@ Nossa Voz - Com Informações do Portal Clériston Silva

Sem comentários:

Enviar um comentário