quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Moto-taxistas evitam assalto e amarram ladrão com estique.

Suspeito e faca que ele teria utilizado na tentativa de assalto
Na tarde desta terça-feira (4) Gilberto Lima dos Santos, 27 anos, se passando por passageiro solicitou um serviço de moto-táxi na praça da cidade de Teofilândia-Bahia, tempo depois ele utilizando uma faca, tentou roubar a motocicleta do trabalhador, mas foi surpreendido, acabou amarrado e em seguida preso pela Polícia Civil.

O homem pediu a corrida para o 
Povoado Maria Preta
Um moto-taxista barroquense testemunhou o fato, no local ele acompanhou a chegada da polícia, segundo relatou a tentativa de assalto foi frustrada porque um colega da vítima percebeu que o homem carregava uma faca na cintura, então decidiu seguir o colega de profissão logo que deixou o ponto.

No acesso Teofilândia a Barrocas, trecho BR349 (estrada de chão), segundo relatos, no local conhecido como baixa do açude, o homem anunciou o assalto e puxou a faca, mas o motociclista foi ágil pulou da moto deixando cair ao chão e se afastou o ladrão tentou pegar o veículo para fugir, foi aí que o outro moto-taxista que vinha logo atrás, se aproximou e aplicou um chute no ladrão que caiu, os amigos conseguiram dominar o homem, que em seguida foi amarrado com um estique de borracha.

Ainda segundo a testemunha que pediu para não ser identificado, enquanto estava amarrado, o homem disse que não era ladrão e que foi um erro tentar roubar o moto-taxistas, como seguiu amarrado ameaçou os presentes. 

Os Investigadores de Polícia Civil, Rubão e Elizeu, deram voz de prisão ao suspeito e o apresentaram na DT local, onde foi lavrado o flagrante pela autoridade policial. Segundo o investigador Rubão o homem já tem passagem pela polícia.

Ronda @ Nossa Voz

1 comentário:

  1. Parabéns aos moto-taxistas pela reação e principalmente ao que viu algo errado e seguiu esse sim e um verdadeiro amigo continue sempre assim

    ResponderEliminar