sábado, 21 de março de 2020

Enfermeira barroquense faz alerta em relação ao coronavírus; "ainda não estão levando a sério"

Reprodução: Redes Sociais
A enfermeira barroquense, Gisely Queiroz, utilizando as redes sociais, escreveu em tom de preocupação um alerta e pediu: "bom senso e acima de tudo empatia. Não é momento de brincar neste momento crítico em todo mundo". Assim como ela, centenas de profissionais da Saúde estão na linha de frente do combate ao coronavírus (COVID-19) nas unidades hospitalares de todo o Brasil.


Leia o alerta publicado na quinta-feira (20) em seu perfil: 

Em tempos de pandemia nos deparamos com vários questionamentos. Pensamos na finitude da vida, dentre tantas outras questões existenciais. Percebemos o quanto somos pequenos diante deste cenário quando um vírus invisível ao olho nu é capaz de colocar praticamente toda a população mundial em quarentena. 

É lamentável perceber que pessoas de vários países e regiões ainda não estão levando a sério e não perceberam a real gravidade disso. O pior de tudo é que estamos vendo exemplos de outros países, as consequências que estão passando por não terem seguido orientações a exemplo da Itália, país de primeiro mundo registrando altos índices de mortalidade chegando hoje a 627 mortes em 24h e mesmo assim continuamos repetindo os mesmos erros ou fazendo até pior. Vivemos em um mundo onde há predomínio do egoísmo, do "farinha pouca, meu pirão primeiro". Já se tornou clichê dizer por ai que quarentena não é férias e continuamos vendo pessoas de diversas regiões ou cidades transitando para lá e para cá. 

O ser humano é realmente muito complicado e difícil de lidar. Já existia o ditado que brasileiro so fecha a porta dps que o ladrão rouba. Mas nesse caso estão demorando demais para fechar. Eu sinceramente não sei até que ponto estão esperando chegar para cair na real. É preciso ter consciência, é preciso ter bom senso e acima de tudo empatia. Não é momento de brincar. 

As consequências serão muito drásticas se não frearmos essa situação. Vamos acordar, Brasil! Precisamos tomar medidas mais enérgicas. Por fim, finalizo com a seguinte frase "Não é sobre pegar, é sobre não transmitir! Nem tudo é sobre você". POR FAVOR, FIQUEM EM CASA!
Reprodução: Deividy Trabuco
O alerta também foi adotado pelos funcionários do Hospital Municipal de Barrocas, que com folhas de papel nas mãos, formaram uma mensagem à população: "Nós estamos aqui por você, por favor, fique em casa por nós". A imagem viralizou e traz uma recomendação importante, é preciso neste momento de crise adotar a prevenção em primeiro lugar, para si e para os outros. 

@ Nossa Voz -  Da Redação

Sem comentários:

Publicar um comentário