quinta-feira, 26 de maio de 2011

Deputada indica recuperação da BR 349

Fátima Nunes (PT)
A Deputada Fátima Nunes (PT) indicou no dia 14 de Abril deste ano, a restauração da pavimentação da BR 349 que liga a BR 116 (Teofilândia) ao município de Barrocas, estado da Bahia. 

Diante desta indicação, pedindo a restauração da BR 349, fica uma pergunta, será que nos registras do Governo a mesma consta como asfaltada? 

Segundo os moradores mais antigos da nossa região, há muitos anos diversas máquinas trabalharam no trecho entre Teofilândia e Barrocas, indo até o povoado de Lagoa da Cruz. Percebe-se que diferente dos demais este trecho é bem mais largo, e em alguns pontos tem até manilhas. 

A verdade é que nunca houve asfalto nesta BR que para muitos se tratava apenas de uma BA. O que aconteceu não sabemos, mas se a mesma for realmente asfaltada será muito bom para as cidades da região. 

O Prefeito Municipal José Almir, juntamente com o vereador Brás em visita ao Secretário de Infraestrutura do Estado, Otto Alencar, que também é vice- governador solicitou o asfaltamento da BR, agora com a indicação da Deputada Fátima Nunes, o pedido ganha um importante apoio. 

A Deputada Fátima Nunes, é representada em Barrocas por Robenildo Brito, Coordenador do UNICOM e TOPA, que em conversa com nossa equipe disse que além da indicação a Deputada deve se empenhar para que o trecho seja realmente pavimentado. “Em caso de execução será mais uma importante ação do Governador Wagner na região”, pontuou.

Veja a indicação na integra:

INDICAÇÃO Nº 18.538/2011 INDICO, nos termos do Artº 139 do Regimento Interno desta Casa, ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado da Bahia Jaques Wagner, que determine a Secretaria de Infraestrutura, a liberação de recursos financeiros para obras de restauração da pavimentação da BR 349 que liga a BR 116 (Teofilândia) ao município de Barrocas , estado da Bahia. 

JUSTIFICATIVA A pavimentação da BR 349 que liga a BR 116 (Teofilândia) ao município de Barrocas encontra-se em péssimo estado de conservação, necessitando de uma intervenção imediata por parte do Governo do Estado. O município de Teofilândia, está localizado no Nordeste Baiano, distanciando 194 km da Capital Baiana. Segundo o IBGE, sua população em 2010 era de 21 mil habitantes aproximadamente. Já o município de Barrocas também está localizado no Nordeste Baiano. Sua população é de 14.177 habitantes (IBGE 2010). Em Barrocas localiza-se a mina de ouro operada atualmente pela Mineração Fazenda Brasileiro, pertencente ao grupo canadense Yamana Gold Inc. A referida estrada irá atender, além dos dois municípios, toda a região circunvizinha. 

Desta forma, a sua reforma trará benefícios para centenas de famílias, que necessitam exclusivamente desta estrada, e motoristas, que terão o tempo de suas viagens reduzidos e maior segurança. Vale ressaltar, que beneficiará ainda, o escoamento de produção, e portanto, o desenvolvimento social e econômico das localidades. Diante do exposto, e em respeito aos cidadãos baianos, valho-me do mandato que me foi outorgado para fazer a presente indicação ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, juntamente com o Excelentíssimo Senhor Secretário da Secretaria de Infraestrutura na expectativa de que seja atendida e a população daquela região seja informada, após tramitação desta indicação, das providências tomadas. 

Sala das Sessões, 14 de abril de 2011 

Deputada Fátima Nunes


Trecho Barrocas / Cedro 

A deputada Fátima Nunes (PT) está preocupada com o estado de conservação da BR 349 que liga a BR 116, em Teofilândia ao município de Barrocas, por isso, apresentou uma indicação pedindo a realização das obras ao governador Jaques Wagner. A deputada pediu prioridade entre as solicitações de trabalhos nessa área, pois a situação ali é mesmo de gravidade. 

A parlamentar disse que “a pavimentação da estrada que liga os dois municípios encontra-se em péssimo estado de conservação, necessitando de uma intervenção imediata da Secretaria de Infraestrutura do Estado”. 

Da Ronda @ Nossa Voz

4 comentários:

  1. DEUS FAÇA COM QUE ESSE PEDIDO DESSA DEPUTADA SE TORNE EM REALIDADE,ASSIM SERÁ OUTRA OPÇÃO PARA ESTA MARAVILHOSA CIDADE....

    ResponderEliminar
  2. • QUEREMOS O APOIO DE UM DEPUTADO FEDERAL OU SENADOR PARA FAZER ESSE PROJETO SAIR DO PAPEL:Projeto de nova rodovia irá ligar Aracajú a Brasília, passando por cidades da nossa região
    Dom, 26 de Dezembro de 2010 12:12
    Está no Plano Nacional de Viação, do Ministério dos Transportes, a criação de uma nova rodovia federal, que interligará a capital de Sergipe, Aracajú, à Brasília. Seria a BR-349, que ainda depende de um estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, sucedido do projeto de engenharia. Seria uma rodovia diagonal com 1.242,4 km. Seu ponto zero está em Aracaju, no encontro das BRs-101 e 235, e acaba no entroncamento com a BR-020, distante 323 km de Brasília, próximo à divisa da Bahia com Goiás. A rodovia cortaria os municípios Itaporanga d´Ajuda, Pedrinhas e Tobias Barreto, em Sergipe, e Itapicuru, Olindina, Teofilândia, Conceição do Coité, Nova Fátima, Capela do Alto Alegre, Mundo Novo, Utinga, Seabra, Ibitiara, Ibipitanga, Macaúbas, Bom Jesus da Lapa, São Felix do Coribe, Santa Maria da Vitória e Correntina. A partir de Bom Jesus da Lapa a rodovia já existe. O trecho entre Bom Jesus e Santa Maria da Vitória, cerca de 79 km, já está recuperado. Informações do Rodovias & Vias.
    Fonte: Jornal O Eco

    ResponderEliminar
  3. A DEPUTADA FÁTIMA NUNES (PT) É UMA MULHER DE FIBRA,CORRE ATRÁS DOS OBJETIVOS DAPOPULAÇAÕ EM GERAL EGARANTE QUE VAI LUTAR PRA VER ESTA BR RECONSTRUIDA OU CONSTRUIDA!

    ResponderEliminar
  4. Espera aí, Restauração? Tenho 22 anos e moro nesta região desde que nasci e esta BR que achávamos que era BA nunca foi asfaltada, eu posso afirmar...
    Se consta que já foi asfaltada tem algo errado, alguém levou a grana pra casa, é um absurdo isso, alô Tribunal de Contas da União, Ministério Publico, o escambau que seja, se consta como já houve asfalto, o que aconteceu foi um assalto aos cofres público, a população..
    Que não fique sem investigação!

    ResponderEliminar