quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Com vitória em casa, Bahia deixa o Z4 e volta a sonhar com a permanência na Série A do Brasileirão

 Thiago comemora o gol marcado com o
companheiro Rossi (Foto: Tiago Caldas/EC Bahia

Dez dias após a última partida, na noite desta quarta-feira (20), o Esporte Clube Bahia, recebeu o Athletico-PR, para disputa de jogo decisivo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A. O clube baiano precisava pontuar bem, a vitória em casa era essencial para aliviar a pressão e espantar o fantasma do rebeixamento.

Quando a bola rolou, o tricolor levou o primeiro perigo ao gol adversário, o arqueiro Santos evitou a mudança no placar. Após a chance desperdiçada, o jogo ficou equilibrado, sem muitas chances claras de gol. O Bahia analisava bem as jogadas antes de se expor e sofrer um possível gol adversário. Os gols não aconteceram mas o relógio não parou de girar, o arbitro sinalizou fim de primeiro tempo, Bahia 0x0 Athletico-PR.

Na volta para o segundo tempo, os visitantes atacaram bem, porém as jogadas foram desperdiçadas, enquanto o Bahia não assustava, até que Dado Cavalcanti investiu na melhora do futebol acionando Rodriguinho e Rossi, jogadores que dariam mais dinâmica ao ataque do tricolor. Com apenas quatro minutos em campo, Rossi (em seu primeiro lance) cruzou rasteiro na área e Thiago Andrade apareceu pra empurrar pro fundo do gol, e marcar o primeiro dele no clube, Bahia 1X0 na Fonte Nova. O tricolor seguia atacando e buscando ampliar, mas as chances não foram efetivadas. O Athletico voltou a assustar apenas nos últimos minutos, não sendo suficiente para tirar os 3 pontos do tricolor, fim de jogo Bahia 1x0 Athletico-PR.

Com o resultado, o tricolor sai da Zona de Rebaixamento, e até a conclusão desta matéria, ocupa a 15ª posição na tabela, podendo ser ultrapassado pelo Vasco (16º). Quem atualmente ocupa a Zona da Degola, é o Fortaleza, porém, não há diferença de pontos entre os Nordestinos. O Bahia volta a campo no proximo domingo, para enfrentar o rival direto Sport, (14º colocado) e empatado em número de pontos com o tricolor. A situação dos nordestinos não é das melhores no Brasileirão.

@ Nossa Voz por Kauã Sherman

Sem comentários:

Enviar um comentário