quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Secretário se reuniu com músicos barroquenses e discutiu Projeto Sexta Cultural.



Com o objetivo de desenvolver ações que venham proporcionar a comunidade barroquense momentos de interação, convivência social e lazer, buscando ainda incentivar os artistas da terra e contribuir com comércio local, a SECCEL está desenvolvendo o Projeto “Sexta Cultural”.

A primeira reunião aconteceu entre o Secretário Rubenilson e diretores da secretaria, com o Prefeito Municipal José Almir e seu vice Joilton, os quais aprovaram a idéia e se colocaram a disposição. Em seguida o Secretário e o Diretor de Cultura Petronílio Bispo se reuniram com representantes dos comerciantes com atividades na Praça da Matriz e nesta quinta-feira com os músicos que se credenciam na idéia do Projeto “Sexta Cultural”.

Para conseguir o êxito esperado, resultando em benefícios para a sociedade barroquense o Projeto será executado em regime de parceria, Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer, Comerciantes e Músicos, todos com papel fundamental na execução do mesmo.

Todas as partes concordaram com a iniciativa e além de participarem se comprometeram em contribuir com a ação, assim “O Sexta Cultural” deverá iniciar na primeira sexta-feira de abril. 
Com o Projeto, Grupos musicais e artistas da cidade se apresentam na Praça da Matriz as sextas-feiras, sempre iniciando às 18h30min e finalizando às 21h30min. Além de ritmos dançantes e agitados, serão evitadas músicas que denigram a mulher, que promovam a “baixaria” e que ponha em risco o público presente por incitar violência. Sem ter a finalidade de censurar, a Sexta Cultural priorizará o Samba, Pagode Romântico, MPB, som de barzinho de modo geral.


Ainda sobre o Projeto, o secretário disse “como está escrito no esboço, o Sexta Cultural busca promover a cidade na região, assim atraindo visitantes, potenciais clientes para os estabelecimentos do entorno da Praça como; Quiosques, Bares, Restaurantes, ambulantes; carrinho de Pipoca, Cachorro Quente, Barraca do Acarajé dentre outros, dar espaço para os artistas da terra, possibilitando maior visibilidade para seus trabalhos e opção de lazer á população” concluiu.

Apresentações teatrais e obras de arte também deverão se apresentar e serem expostos ao público, sobre os demais artistas e músicos da cidade, Rubenilson nos falou que outros projetos e ações já estão sendo planejados e discutidos e logo também serão lançados assim contemplando a todos; “Em breve estaremos sentando com os grupos de teatros e artista de outros segmentos, o pensamento é incentivarmos da pintura à fotografia, da música às expressões culturais como; Bumba-meu-boi, cantiga de roda, reisado dentre outros, o que não se encaixar neste projeto, será contemplado nos demais, esse é o nosso compromisso, e gradativamente vamos conseguido” concluiu.

@ Nossa Voz Cultura - Informações da SECCEL

Sem comentários:

Enviar um comentário