segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Barroquense morre após capotar veículo na Zona Rural do distrito de Salgadália em Conceição do Coité

Fotos Raimundo Mascarenhas
O borracheiro Joselito dos Santos, 45 anos, morreu após capotamento ocorrido na noite desta segunda-feira, 08, numa estrada vicinal que liga o Povoado de Serra Vermelha ao Distrito de Salgadália – Município de Conceição do Coité.

Segundo o site Calila Notícias, a vítima dirigia o Peugeot de placa JTZ 7396 na companhia de seu irmão José Dilson dos Santos, 48 anos, e do amigo José Jeferson, 21, todos barroquenses, quando por volta das 22h ao passar próximo ao açude da comunidade de Jibóia, distante 3 km do distrito, perdeu o controle da direção, subiu num barranco e capotou três vezes até fica em posição normal.

Acidente aconteceu a cerca de 500 metros da comunidade de Jiboia | Foto: Raimundo Mascarenhas
Fio como era conhecido o condutor morreu na hora, pendurado na porta do veículo,  supostamente por esmagamento, enquanto seu irmão e o amigo, mesmo sem estarem usando cinto de segurança sofreram pequenas escoriações, de maneira que a Brigada Anjos da Vida esteve no local para prestar socorro e não viu a necessidade de levá-los para o hospital.

Jeferson (E) disse que o acidente aconteceu a 70 km/h | Foto: Raimundo Mascarenhas
José Jeferson contou à equipe do Calila, que os três saíram de Barrocas por volta das 08h30 para pescar no açude em Poço Grande, no Município de Araci, segundo o rapaz após passarem o dia por lá, por volta das 21 horas saíram do Povoado de Tapuio com destino a Barrocas, “quando trafegava numa velocidade de 70km por hora, ele viu a curva, acho que pensou que era fechada demais, ai jogou com tudo, subiu no barranco e em seguida capotou três vezes. A última frase que ele falou quando viu o carro subir no barranco foi: ‘morreu todo mundo’, contou o amigo.

Jeferson disse ainda que ao ouvir o que disse o borracheiro, se preparou para o impacto, segurou no banco e fixou as pernas, assim como José Dilson que é conhecido em Barrocas por ‘Ó Paí Ó’.
Corpo de Joselito ficou pendurado na porta, enquanto as pernas ficaram presas ao banco | Foto: Raimundo Mascarenhas
Segundo a reportagem do CN, Jeferson admitiu que todos faziam uso de bebida alcoólica, porém, isto aconteceu logo cedo e que não foi em grande quantidade ao ponto de perderem o sentido.

O corpo de Joselito foi removido por volta das 02h da madrugada. Ele deixa esposa e cinco filhos.

@ Nossa Voz - Fonte: Calila Notícias - Fotos Raimundo Mascarenhas

Sem comentários:

Enviar um comentário