quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Morando em São Paulo, barroquense acompanha atos administrativos, faz cobranças e denuncia irregularidades.

Um cidadão comprometido com sua cidade, mesmo estando a 1,998 km
Foto - EXAME / Abril
O barroquense Cícero André Gois, 33 anos, Zelador, Estudante de Direto, tem sido uma voz ativa em se tratando de cobranças ao Poder Executivo e também ao Legislativo Municipal. Mesmo morando em São Paulo, onde vive com a família, trabalha e estuda, Gois não deixa de ter participação ativa e importante na sua cidade natal, Barrocas, interior da Bahia.

Atento as oportunidades de emprego, buscando contribuir com os conterrâneos, Cícero atua principalmente como fiscalizador dos atos administrativos dos gestores na pequena cidade de Barrocas (cerca de 16 mil habitantes), da Capital Paulista, pelas redes sociais, através das páginas públicas, ele acompanha cada despesa empenhada, cada valor recebido, além dos processos licitatórios e o desempenho das empresas prestadoras de serviços, sempre que percebe algo suspeito, expõe os casos nas redes sociais. Quanto aos vereadores, cobra que ajam conforme a função que exercem, e exige atuação em defesa da sociedade.

Cícero é o administrador do Grupo 'Barrocas Sem Censura' no Facebook, que conta atualmente com mais de três mil membros. Em postagem recente neste grupo, o barroquense expôs a situação do parque infantil da Praça da Matriz, mas esta é apenas uma das suas muitas cobranças e denúncias.

Fotos Reprodução
"Na principal praça de Barrocas, em pleno 15/11/2017 dia da Proclamação da República do Brasil, ''Playground Infantil'', não existe, isso porque o Prefeito que está na administração , há exatamente 11 meses e simplesmente não teve tempo para fazer a manutenção do espaço das crianças que mora na sede da cidade".

"Imagina como estão as crianças que moram nos povoados de Barrocas, se levarmos em conta que na sede não existe Parque Infantil. O prefeito que não prestava implantou e o que presta se quer cuidou, mas a Chevrolet S10 de R$152 mil reais, ou seja o Prefeito teve tempo para comprar e gastar R$120 mil reais para ornamentar uma 'Praça por 20 dias'. Viva a hipocrisia" escreveu (Reprodução BARROCAS SEM CENSURA)

Por suas cobranças e denúncias, Cícero acaba se tornando alvo dos políticos, aliados e até funcionários públicos tentam inibir suas ações, o seu nome é citado em discursos na Câmara de Vereadores por parlamentares incomodados com sua atuação, mas ele não desiste, segue ainda mais dedicado e consciente da importância do seu trabalho. 

Filho de um casal simples, mas respeitado na pequena Barrocas, o pedreiro Raimundo e da dona de casa Dona Germana, desde a sua infância o barroquense batalhou muito junto com seus irmãos em diversas atividades, numa delas ficou conhecido vendendo salgados como coxinha e pastel pelas ruas da cidade.

Cícero André Gois está próximo de completar duas décadas vivendo na capital paulista. Ele vem a Barrocas pelo menos uma vez por ano.

@ Nossa Voz - Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário