sábado, 18 de maio de 2019

Barrocas: Caminhada marca o Dia Nacional de enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Caminhada percorreu toda a Avenida Antonio Pinheiro da Mota - Fotos: Victor Santos
Em alusão ao 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, centenas de estudantes, profissionais da educação e assistência social, caminharam pelas principais ruas do centro de Barrocas na manhã deste sábado (18) a fim de conscientizar a população para o problema da violência sexual infantil.

Foi do Colégio Municipal de Barrocas que partiu o grupo às 09h em direção ao módulo esportivo coberto do Centro Educacional Desembargador Júlio Virgínio. Com cartazes nas mãos, estudante expuseram frases de alerta ao tema: "nem toda criança espera com alegria o beijinho de boa noite", "antes fosse medo do bicho papão", "diga não ao abuso infantil" foram algumas das frases exibidas.


A violência sexual pode ocorrer de diversas formas, entre elas: o abuso sexual e a exploração sexual. O abuso acontece quando a criança ou adolescente é usado para satisfação sexual de uma pessoa mais velha. Já a exploração sexual envolve uma relação de mercantilização, onde o sexo é fruto de uma troca, seja financeira, de favores ou presentes.

Com a cidade movimentada, ação chamou a atenção das pessoas nas ruas

Após a caminhada, o grupo se reuniu para as oratórias de conselheiras tutelares, profissionais da área e a apresentação teatral do NUCA.

Como denunciar: o disque 100, é um serviço de proteção de crianças e adolescentes com foco em violência sexual, vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. Trata-se de um canal de comunicação da sociedade civil com o poder público, que possibilita conhecer e avaliar a dimensão da violência contra os direitos humanos e o sistema de proteção, bem como orientar a elaboração de políticas públicas.


@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário