quinta-feira, 30 de maio de 2019

Barrocas: Idoso perde quase tudo em incêndio no Riacho Grande: "Importante foi a vida", afirmou ele que foi salvo pelos vizinhos

Segurando um quadro que escapou das chamas, (foto esposa falecida) o senhor Dê observa a retirada dos escombros - Fotos: Victor Santos
José Maurício de Carvalho, 70 anos, conhecido como Dé Boiada, estava sozinho em sua residência no Povoado do Riacho Grande, quando na madrugada desta quinta-feira (30), um incêndio ainda com causas desconhecidas, destruiu quase tudo. Ele foi salvo com a roupa do corpo, só após as chamas serem controladas que os vizinhos conseguiram retirar o que restou.

O aposentado só acordou quando o fogo começou a atingir o cômodo onde dormia. Como inalou bastante fumaça, precisou ser levado pela Polícia Militar para o Hospital Municipal. O conhecido Jorge da Carroça, 40 anos, vizinho do aposentado, contou que eles assistiram juntos pela TV o jogo do Bahia contra o São Paulo pela Copa do Brasil, tempo depois, por volta das uma hora da manhã, ele acordou assustado com os gritos do amigo pedindo socorro.

Vizinhos ajudam na retirada da sujeira
No momento, além de outros moradores do Conjunto Habitacional, o filho do aposentado chegou e arrombou a porta, conseguindo retirar com ajuda das demais pessoas o pai da casa em chamas. O incêndio que poderia atingir outras residências, foi controlado pelos moradores que utilizaram baldes para captar água em tanques e lançar contra as chamas que se alastravam rapidamente.

Parte do telhado desabou
"Eu apaguei a luz e fui deitar, não tinha nada aceso, quando acordei foi com o 'papoco' da luz, clareou tudinho e só vi aquele fogo, o fogão do incêndio, ai  sai gritando, apareceu a turma toda, jogaram água e apagaram" contou, descartando o comentário de que uma vela teria causado o incêndio.

Vários móveis, utensílios, parte da estrutura da casa foram destruídos, apesar de tudo o senhor Dê, após ser medicado no Hospital, e voltar ao local, questionado sobre os prejuízos, afirmou: "Importante foi a vida". 



O Conjunto Habitacional onde o aposentado mora, fica localizado a cerca de 4 km da sede do município, às margens da BA411.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira - Informações e Fotos, Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário