sexta-feira, 10 de maio de 2019

Com o título: Jovem! Publicamos hoje, o terceiro texto escrito por estudantes do Colégio Municipal de Barrocas (Leia)

Estudante Kleberson - Foto: Kauã Sherman
Estudante do 9º A Matutino, Kleberson G. da Silva escreveu o texto; Jovem, e nos leva a uma reflexão sempre necessária. A publicação é a terceira da série de textos (crônicas) escritos por estudantes do Colégio Municipal de Barrocas. A produção e seleção dos conteúdos teve a coordenação da Professora de Língua Portuguesa Mônica Souza Cerqueira.


Ao JNV, a docente informou que a atividade de produção é parte do trabalho proposto para a Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa que prevê a produção de alguns gêneros textuais para os estudantes de todo o Brasil e, às turmas de 9º ano o foco é a Crônica , com perspectiva de que estes textos passem por processos de escrita até chegar a um produto final que poderá ser publicado e divulgado num evento nacional .

Leia abaixo o terceiro texto e depois clique no link para ler o segundo texto publicado na quarta-feira (25) de abril (ver aqui).

JOVEM 

Na vida dos jovens é esperado eles irem á escola todos os dias e não é diferente comigo que levanto cedo, pois estudo pela manhã, vou ao banheiro ver se nasceu uma espinha nova, tomo café, me troco e espero meu amigo para ir estudar. 

Quando boto o pé fora de casa já vejo muitas pessoas trabalhando, vejo muitos carros de pessoas fazendo linha para Serrinha, entre eles o meu vizinho.. Também os garis que me intrigam! Como eles conseguem varrer toda a cidade praticamente todos os dias , até aos domingos, nesse sol escaldante para receber menos de um salário mínimo? Triste situação do povo humilde do Brasil! Trabalho demais , para receber de menos! 

Continuando meu caminho até a escola sempre tem pessoas na frente da caixa lotérica para pegar o Bolsa Família.. E , assim sigo meu destino e percebo que a cada passo estou mais próximo de um sentimento chamado preguiça que me domina na escola, um lugar que muitos não valorizam porque acham chato e tem que ver os mesmos rostos todos os dias. Porém quando nos formamos e vemos como é realmente o mundo, só pensamos em voltar para lá, à escola. Não é irônico!? 

Kleberson G. da Silva  - (9º A – Matutino)

@ Nossa Voz Educação - Os texto são produzidos por alunos do Colégio Municipal de Barrocas, com coordenação da Professora Mônica Cerqueira

Sem comentários:

Enviar um comentário