sábado, 23 de março de 2019

São grandes as expectativas para 6º Trilhão de Barrocas, com organização do Grupo Barro Trilha (saiba mais)

Foto: Kauã Sherman
Neste domingo dia 24, o pequeno município de Barrocas será palco de um dos grandes eventos de trilha do Estado da Bahia. O 6º Trilhão tem a confirmação da presença de pilotos de várias cidades baianas e até de outros estados do nordeste.

Organizado pelo Grupo Barro Trilha, com Coordenação de Danilo Nogueira, ou Dany Cross como é conhecido o fundador do grupo e precursor do esporte no município. A cada edição a trilha de Barrocas conta com mais participantes. Neste ano os Sergipanos deverão comparecer em grande número, já são cinco cidades com representantes inscritos. Já a Bahia, terá ainda mais cidades presentes do que nas edições anteriores, segundo informou a organização: "De toda parte do estado vem equipes e grupos" afirmou Danilo.

Nesta edição, além do percurso para motos, com 38 km, tem uma novidade, o trecho especial para quadriciclos com 16 km. Com a chuva da última sexta-feira, o roteiro tá, como dizem os trilheiros: "uma maravilha".

Já na noite deste sábado, foi possível ter uma ideia de como o Trilhão movimenta a cidade, a praça ficou lotada, e os visitantes aprovaram o som do Grupo de Pagode Sambarrok's, que mandou bem com um repertório diversificado. Não haviam mais vagas nas pousadas, várias comitivas precisaram retornar para Serrinha.


O evento conta com apoio do comércio local e de algumas lideranças políticas. Mas acontece graças ao apoio de muita gente comprometida com o desenvolvimento do município. Os membros do Grupo trabalham durante meses, na elaboração, mapeamento e marcação do trecho. Sem falar das viagens durante todo ano participando e divulgando o evento em várias cidades promotora de trilhões.

Amanhã a concentração será no Centro de Abastecimento da cidade, a saída está prevista para às 9 horas da Praça da Matriz. Em alguns pontos da trilha será possível o público acompanhar a passagem das motos, como na ponte do lajedo e na Serra do senhor José Rico, ponto de apoio, onde os trilheiros param por alguns minutos para reidratar. 

A cobertura é do Jornal Nossa Voz "A voz do Off Road Nordestino", que tem se destacado como a mídia oficial dos trilhões do nordeste, com coberturas em mais de 45 cidades, entre a Bahia e Sergipe.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário