terça-feira, 26 de março de 2019

Mais de 40 cidades foram representadas no 6° Trilhão de Barrocas

Momento de Oração em frente a Igreja Matriz
Pilotos de toda Bahia, de várias cidades Sergipanas e até de São Paulo, marcaram presença e aceleraram forte no trilhão do Grupo Barro Trilha em Barrocas. A população marcou presença na Praça da Matriz para ver a saída e em vários outros pontos acompanhou de perto momentos da aventura, cerca de 50 carros seguiram até o Neutrão, no trecho da serra

Foi um final de semana diferente na pequena e pacata cidade localizada no Território do Sisal da Bahia: Já na noite do sábado (23), vários pilotos começaram a chegar, a praça ganhou grande movimento, com as pousadas lotadas, muitos deles precisaram ir para municípios vizinhos para retornar na manhã do domingo.

Pilotos seguem ao lado da linha férrea, no começo da trilha
O dia clareou e aos poucos os trilheiros foram chegando ao Centro de Abastecimento onde aconteceu a recepção. Um café da manhã reforçado foi servido a todos. Em seguida eles se equiparam e por voltas das 10 horas seguiram até a Igreja Matriz para receberem a benção do pároco da cidade, o Padre Everaldo Góis. Após a oração, o religioso brincou: "Agora cada um de vocês tem um anjo na garupa da moto, mas se passar de 120 ele pula fora" alertou. 

Piloto Gabriel Valverde de Alagoinhas acelera forte para superar o trecho de lama
Os trilheiros deram a volta na Praça da Matriz e encorajados pela fé, seguiriam para os 38 km do percurso, com lama, pedra, raízes, caatinga, ladeiras e descidas. A trilha começou passando pelo local onde existia o antigo 'Tanque dos 30' que deu origem a cidade, seguido ao lado da linha férrea até a passagem do pontilhão, nesse trecho muita lama e inevitáveis roiadas.

Multidão acompanha a passagem dos trilheiros na ponte do Lajedo
Um grande número de pessoas segui de carro e moto para a ponte da Fazenda Lajedo,  na BA-411, para ver a passagem de cerca  de 400 motos. Em retribuição, os motores roncaram forte antes de entrarem na caatinga fechada onde só os vaqueiros transitam.

Experiente Trilheiro Coringa passando no trecho de pedras
Começava então o trecho mais difícil do trajeto, após saírem da fazenda Lajedo, a Serra foi o destino, o trecho de pedra parecia mais parte de Hard Enduro mineiro. Antes do Neutrão na Ladeira do Curral, mais uma vez o público foi assistir de perto a passagem dos aventureiros.

Neutrão (ponto de apoio) na Fazenda do senhor José Rico, momento para reidratar
No neutrão, exaustos, porém satisfeitos com o nível da prova, os trilheiros consumiram frutas, sanduíches e muita água. Alguns minutos de descanso, e logo seguiriam para a segunda parte do Trilhão.

Cerca de cinquenta carros foram até o ponto de apoio, algo inédito nas trilhas
Surgiu então a difícil Subida do Patinete, lá literalmente "o bicho pegou", mesmo aparentando pouca dificuldade, ela surpreendeu, e só subiu quem acelerou forte do início ao fim, invocados alguns não pararam de tentar até superá-la, outros pegaram o desviu e seguiram em frente.


Almoço sendo servido aos pilotos que começaram a chegar por volta das 14 horas no centro da cidade
De volta a sede, uma feijoada caprichada foi servida a todos pilotos e equipes de apoio, foram muitos os elogios, pilotos experientes como o Campeão Baiano de Motocross, Gabriel Valverde da cidade de Alagoinhas, que em conversa com nossa reportagem destacou: "Excelente trilha, trecho de pedra perfeito. Equipe tá de parabéns" afirmou Gabriel sendo acompanhado pelo seu pai.

Os sergipanos também aprovaram o evento: "Ano que vem estaremos aqui outra vez. Trilha top, nota 10 mesmo" afirmou o trilheiro Djavan de Lagarto.

Parte do Grupo Barro Trilha, responsável pelo sucesso do evento.
"Estou satisfeito, superou mais uma vez nossas expectativas, por isso agradeço a todos que vieram nos prestigiar, aos que ajudaram, deram maior apoio. Ao comércio local que é um parceiro nosso de sempre, a população que acompanhou e passou incentivo, os proprietários das fazendas. Muito obrigado" afirmou Danilo Nogueira.

Foram muitos os elogios direcionados ao grupo organizador, mais detalhes na Reportagem que sai na sexta-feira (29).
@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário