domingo, 3 de março de 2019

Barrocas: Cristal Vila Douro apresenta reforços para o Campeonato Municipal de Futebol

Foto Reprodução - Direção do Cristal Vila Douro
Na manhã do sábado (02), Roque Ferreira Mota, Presidente do Cristal Vila Douro apresentou reforços importantes para compor o elenco que irá disputar o Campeonato Municipal de Futebol de 2019.

A equipe da sede do município de Barrocas, que surgiu graças ao trabalho do Professor Roque (ver aqui), tendo em sua base jogadores naturais da conhecida Vila, já tem título de campeão e uma torcida apaixonada, assim busca mais uma campanha vitoriosa nesta edição do certame.

"Ganhamos mais quatro bons reforços para o campeonato barroquense de 2019. São eles: Jonatas Brito Durval, 17 anos, que atua como volante ou zagueiro; Everton Góis de Oliveira, 28 anos, atua como meia esquerda ou direita; José Gildo de Jesus, 38 anos, atua como Lateral Esquerdo e Emerson Lima de Jesus, 15 anos, atua como atacante" destacou o presidente. A equipe que treina no Campo Municipal às terças e quintas-feiras, poderá ter pai e filho jogando junto este ano, o jovem atacante Emerson, talvez o mais jovem da competição, é filho do experiente lateral esquerdo José Gildo.

Roque Mota - Reprodução TV Nossa Voz
O Cristal após o título em 2015 contra o Palmeiras da Minação (ver aqui), voltou à final no ano seguinte, quando foi vice campeão diante do Santa Cruz de Lagoa da Cruz (ver aqui). Nas duas últimas edições, porém, a equipe enfrentou dificuldade para montar o bom elenco. Agora com os novos nomes, a direção volta a ter boas expectativas, apesar da dificuldade em manter atletas revelados no grupo, segundo o presidente, devido ao assédio que recebem por parte de dirigentes de outras equipes.

"A nosso expectativa para o Campeonato Barroquense, edição 2019, é a melhor possível. O nosso objetivo é sempre o título. Estamos enfrentado muitas dificuldades para montar o nosso elenco, isso porque a maioria dos jogadores da base vão defender outras equipes. Equipes que lhes prometeram pagar algum valor. O futebol barroquense virou banco de negócio, mas eu não embarco nessa não. Mesmo com todos esses problemas estamos montando uma equipe competitiva, mesclando experiência com juventude" destacou Roque Mota.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário