quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Ex-prefeito reúne lideranças e populares para formar aliança da oposição em Barrocas

Almir ainda não se filiou, mas deverá assinar a ficha do Partido dos Trabalhadores Foto: Reprodução
O ex-prefeito do município de Barrocas, José Almir de Araújo Queiroz, o conhecido Almir de Maciel, que administrou a cidade por dois mandatos (de 2009 a 2016), iniciou na quarta-feira (22), a caminhado rumo a disputa de mais uma eleição, desta vez como o principal nome da oposição.

A reunião foi organizada de forma discreta, sem convite público, como em rede social ou carros de som, nem mesmo através de panfleto impresso. Segundo pessoas próximas ao ex-prefeito, ele próprio ligou para algumas pessoas e também fez visitas a lideranças após o expediente no supermercado da família. No entanto o número de pessoas presentes superou as expectativas e animou a oposição: "Rapaz o cara é querido mesmo, de última hora uma reunião e deu povão", destacou o vereador Kekeu de Dãozinho. 

Estiveram no encontro lideranças da sede, bairros e povoados, além de vereadores, pré-candidatos e populares, onde discutiram a atual conjuntura política local e as projeções para o pleito do dia 4 de outubro deste ano. Ao lado de quatro dos noves vereadores, Almir discursou e animou a sua base, mas não tivemos acesso ao conteúdo da sua fala. Na página do Facebook, ele escreveu: "Hoje tivemos uma reunião produtiva com nossos pré-candidatos na próxima eleição e lideranças do nosso município. Não mediremos esforços para atender o pedido de nosso povo".

O texto possivelmente é uma resposta aos boatos que vinham circulando na cidade, supondo que o comerciante aceitaria uma quantia em dinheiro para não disputar a eleição, mas ele deixa claro que está disposto a 'atender o pedido do povo', ou seja, daqueles que pedem a sua volta. Um aliado disse que ele está animado com os resultados das pesquisas e com a confirmação do apoio do Senador Jaques Wagner o do Governador Rui Costa, ambos do PT, partido que ele irá se filiar.

O fato é que foi dada a largada para a corrida eleitoral, a partir de agora a eleição ganha novos rumos, não será tarefa fácil derrotar o atual prefeito, mas é inegável que existe uma insatisfação grande na cidade, não apenas relacionada a sua administração, mas principalmente pelas promessas não cumpridas nas visitas que fez na campanha. Algumas adesões de adversários históricos que ganharam espaço no governo, causou mais desgastas no grupo do que trouxe benefícios. Inclusive gerou ciúmes por parte de aliados que  já ameaçam pular do barco, ontem alguns foram apertar a mão do ex-prefeito. Ainda é cedo para cravar uma reviravolta, mas com as cartas na mesa, logo ficará evidente que a disputa pelo menos será equilibrada. 

Em 2012 o ex-prefeito José Almir derrotou o ex-prefeito José Edilson com mais de 2 mil votos de frete, já o atual Prefeito José Jailson, em 2016 derrotou o ex-vice prefeito Tita de Roque com pouco mais de 400 votos de frente.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira / Colaborou Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário