sábado, 17 de janeiro de 2015

No Povoado de Lagoa Redonda os recibos da EMBASA chegam mas nada da água cair nas torneiras

Moradores do povoado de Lagoa Redonda, zona rural de Barrocas, reclamam de problemas com o abastecimento de água por parte da EMBASA,  alegando que há mais de dois meses não cai água nas torneiras.

Apesar da escassez do liquido precioso, os recibos continuam chegando, por isso um morador protestou usando seu perfil numa rede social.

A comunidade fica localizada entre o Bairro de Santa Rosa e o povoado de São Miguel do Ouricuri. 


Em várias residências os reservatórios estão praticamente vazios, obrigando os moradores a fazerem uma economia acima do possível, são obrigados a preservando  o pouco que resta para consumo e para as atividades domésticas. Os registros estão parados, por isso alguns moradores quando receberam a conta tomaram um susto. 

O comerciante Marcílio Oliveira, 21 anos, reclama que a dois meses não caí água em sua residência; “Fazendo quase ‪‎2 meses sem cair um pingo de água”mesmo assim o recibo chegou". A revolta cresceu quando ele recebeu a conta com um valor segundo ele acima; “E ao final do mês chega um presente com R$46,00. E nós que não pague pra ver se no outro dia eles não vem e corta” desabafou.

As imagens mostram a pouca quantidade de água que ainda resta no reservatório da casa de Marcílio. 

Na região de Barrocas praticamente todas as residências tem reservatórias do água, pois é comum passar dias sem cair água, então as pessoas para evitar maiores transtornos acabam investindo em cisternas e caixa d`água, porém ultimamente até esses reservatórios estão secando. 

Segundo informações de um morador que foi ao posto da EMBASA em Barrocas, um servidor informou que a cidade não vem recebendo diariamente o suficiente de água para abastecer a sede e povoados e ainda direcionar para o Distrito de Salgadália em Conceição do Coité. Atualmente são cerca de 25 litros por segundo para fornecer uma cidade de cerca de 15 mil habitantes e ainda os distrito da cidade vizinha. 

@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário