terça-feira, 6 de janeiro de 2015

2015 SIMPLES / SEM AS ‪‎APARÊNCIAS


Hoje em dia em quase todos os ninhos sociais há uma ‘’máscara de aparência’’, finge ser amigo, no trabalho, na igreja. Nossa! Não sei como ainda se reconhecem!

Tudo é superficial, sujeitos fingem carinhos forçados na frente das massas, ‪fingem intimidade e cumplicidade na frente dos demais, fingem entender á sociedade, que por sua vez cai na onda do ‪vigário publico, sujeito finge que conhecem seus problemas, fingem viver dentro dos dogmas da sua religião por aí vai.

Mas, no fundo é triste! Deitado em seus travesseiros à noite, esposa choram pela falta de atenção, filhos se revoltam, mães choram por não reconhecer seus filhos, fiéis ajoelham-se e choram nos bancos de suas igrejas por não praticarem sua crença da forma pregada. 
Dias são somados as suas vidas, mas não existe vida em seus dias que passam! Por que preferem viver sustentando aparências que simplesmente, assumir suas ‪frustrações, tristezas, desejos.

É curioso observar que as pessoas verdadeiramente felizes são consideradas sem graça, bobas, caretas e desinteressantes. Entretanto, elas não são nada disso, pelo contrário, elas são felizes, porque felicidade não é viver ligado em 220v todos os dias, fazer uma social em bares, encher as redes sociais com fotos de inocentes, não, nada disso.

‪Felicidade é saber que um dia ou outro você vai chorar, uma tristeza não se sabe de onde chegará um dia cinzento vai aparecer, mas, nada disso será maior do que sua esperança, do que o seu bem estar, do que a alegria de falar ao telefone com sua mãe, o abraço apertado do seu pai, o carinho de uma criança, o beijo do seu amado, a grandeza de olhar pela janela e ver uma linda tarde de sol. E tudo ficará bem.

Ser feliz é aceitar que nem tudo serão flores sempre, mas vale a pena continuar vivendo e sorrindo.

Reprodução Fecebook - Por Cícero Gois

Sem comentários:

Enviar um comentário