sexta-feira, 1 de junho de 2018

Barrocas: Moradores da Rua Arthur Alves fazem mutirão e entram no clima da Copa do Mundo

Verde e amarelo tomam conta da rua Arthur Alves - Fotos: Victor Santos
As ruas do centro de Barrocas já estão enfeitadas para o São João, neste ano como acontece a Copa do Mundo de Futebol na Rússia, a prefeitura municipal, optou por utilizar as tradicionais bandeirolas com o verde e amarelo, cores da bandeira perdominantes no uniforme da Seleção Brasileira de futebol.

Segundo pesquisa de opinião divulgada recentemente, 65% dos brasileiros não têm interesse pela Copa do Mundo, os dados são do instituto Paraná Pesquisas que ouviu 2.948 brasileiros em 185 municípios das 27 unidades da federação entre os dias 24 e 25 de abril

Mas em Barrocas, pelo menos os moradores na Rua Arthur Alves, situada no centro da cidade tem pensamento diferente, eles mantém a tradição iniciada em 2010, com a liderança da senhora Rosa: "Nossa rua é uma das poucas que tem essa tradição, enquanto for viva e Deus me der saúde eu vou ajudar a enfeitar" afirmou a conhecida Dona Rosa de Hilário. 

Atualmente são poucas as ruas ornamentadas em mutirão de moradores
A tradição começou na copa do mundo da África do Sul, quando a senhora Rosa de Jesus Pereira, 82 anos, despertou a vontade de colorir a rua, dá um visual se inspirando nas cores da seleção canarinho, para isso contou com a ajuda dos demais moradores.

Há 30 anos morando na rua Arthur Alves Rosa relembra da sua chegada ainda quando o terreno era rodeado de sisal, terra batida e sem iluminação, desde esse época reunia a família para a fogueira que sempre faz no dia 23 de junho, e passado anos, mantém o mesmo ânimo e vontade de seguir com a tradição da fogueira, mas dessa vez com a rua ornamentada. 

"Eu tinha vontade de ver a rua toda enfeitada, reunimos todo mundo e cada um ajudou como pôde.  O trabalho coletivo, um verdadeiro mutirão envolveu os moradores na confecção de bandeirolas e pintura de meio-fio, a ação chamou a atenção de quem passava pela rua. Os moradores aproveitaram o feriado de Corpus Christi, na quinta-feira (31).

Tradição passada de geração em geração - Cledson e a avó Rosa. 
E se depender dos moradores mais jovens, a exemplo do neto Cledson Oliveira, 19 anos, a tradição vai continuar, ele participa da ornamentação, ajudando desde a parte de fixar a madeira que prende as bandeirolas, a pintura dos meios-fios, mas disse que ainda falta algo, o são paulino de coração, pretende pintar o escudo da Seleção Brasileira na rua. 

O São João no Brasil é comemorado entre os dias 23 e 24 de junho, mas em Barrocas os festejos duram vários dias, com eventos na sede e nos povoados.

@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário