sábado, 16 de maio de 2020

Secretária de Saúde e Prefeito se pronunciam sobre dados da SESAB que indicou novo caso do Covid-19 para Barrocas

Imagem Reprodução
Em matéria deste sábado (16), o JNV informou que a SESAB, havia apontado em seu último boletim epidemiológico, que o município de Barrocas continha três casos confirmados do coronavírus, número divergente do que apresentava o último boletim da Secretaria Municipal de Saúde publicado na sexta-feira (15), registrando dois casos apenas.

Consultada sobre as informações da SESAB, a secretária Débora Queiroz, informou que o suposto caso ainda não constava no sistema, disse ainda que estava em contato com a secretaria do estado: "Estamos tentando entrar em contato, o resultado que apareceu no sistema tá como negativo", afirmou (ver aqui).

Tempo depois, a secretária emitiu uma Nota de Esclarecimento, reafirmando o que havia dito:"Foi divulgado pela SESAB um 3°caso positivo de COVID-19 em Barrocas, porém a Secretaria Municipal de Saúde não tem essa informação, no nosso sistema constam apenas os 2 casos que vocês tem conhecimento. Logo que recebemos o boletim entramos em contato com a Base de Serrinha mas eles também desconhecem a informação. Estamos em contato com a SESAB para esclarecer o fato, assim que tivermos resposta informaremos. Fiquem calmos! Manteremos a transparência sempre com vocês", escreveu.

Foto: Reprodução
Na noite deste sábado, o prefeito José Jailson, também através das redes sociais, apresentou detalhes sobre o caso. Confirmando que realmente se trata de um barroquense, porém, segundo ele o paciente mora no Rio de Janeiro há 3 anos, mas quando foi na unidade de saúde, teria apresentado um cartão do SUS vinculado à Barrocas, por isso a SESAB direcionou o caso para o município. O prefeito afirmou ainda que já foi feito o pedido para que o caso seja desvinculado.

"Considerando as informações do boletim divulgado pela SESAB, que consta um terceiro caso de COVID-19 em Barrocas, a Secretaria Municipal de Saúde esclarece após confirmação que o paciente mora no Rio de Janeiro há 3 anos, fez o teste para a doença e permanece com a família em isolamento, porém seu cartão dos SUS ainda está vinculado à família residente em Barrocas. A Secretaria de Saúde enviou um ofício a CIEVS - Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde esclarecendo o fato. Assim, aguardamos que esse caso seja desvinculado do nosso município. Peço a Deus que cure o mais rápido possível este amigo conterrâneo que se encontra no Rio de Janeiro. Já solicitamos à SESAB que retire esta informação equivocada".

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Publicar um comentário