sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Barrocas: Secretária de Educação nega falta de frutas e verduras na merenda e lamenta atitude dos vereadores que denunciaram

Foto Arquivo -  Por Daniele Oliveira para o Jornal A Nossa Voz
Três vereadores da oposição visitaram duas unidades escolares do município na última quarta-feira (25), uma no Povoado de São Miguel do Ouricuri, outra no Bairro de Santa Rosa, os edis relataram que nas visitas foram encontrados freezers e geladeiras vazias (ler aqui). A Secretária negou o que foi apontado pelos edis e fez acusações.

Segundo publicação do Blog Dida Negrão na quinta-feira (ver aqui), a Secretária Municipal de Educação, Jaqueline Avelino, disse que as informações passadas pelos vereadores são: "totalmente inverídicas e falsas em relação a merenda escolar".

Em outro trecho do texto, a secretária teria explicado o que ocorreu: "As fotos tiradas de uma geladeira e um frízer vazio, foi no momento em que as funcionárias estavam lavando, momento em que usaram de Má Fé, afirmam as diretoras Simônia do Ouricuri e Eliete da Santa Rosa. Fica o repúdio a forma baixa em que os vereadores citados tentam passar uma imagem mentirosa para a população" (sic) informa a matéria.

No texto atribuído a Secretária há também citações e acusações direcionadas a gestão passada: "Vale lembrar que a falta de merenda escolar e transporte escolar para todo o município, aconteceu na gestão passada, por razão de vários desvios de dinheiro público, o qual já está sendo investigado pelo Ministério Público, fica no ar uma pergunta? Por que esses vereadores não visitavam as escolas no passado? Por que não foram ao Ministério Público denunciar que a gestão a qual eles faziam parte desviou dinheiro das reformas escolares, motivo esse que ainda não foram reformadas, por tanto segue fotografias e registros da dispensa freezer, geladeira e toda equipe de diretoria das escolas em repúdio as imagens mentirosa que querem passar do nosso município".

Fotos Reprodução Blog Dida Negrão
Nas fotos publicadas na matéria, aparecem funcionários trabalhando e exibindo frutas na cozinha da escola do Ouricuri, sob a supervisão de Loiane Avelino (Loi), irmã da Secretária de Educação. Apesar de falar dos freezers e geladeiras, não foram apresentadas fotos dos mesmos com frutas, verduras e polpas de frutas.

Nem os freezers nem as geladeiras aparecem nas imagens. Fotos Reprodução Blog Dida Negrão
O Prefeito Municipal José Jailson (PMDB), também falou sobre o caso em entrevista concedida ontem (26) numa rádio da cidade de Serrinha, Jai de Barrocas lamentou o ocorrido e disse que as três empresas que venceram a licitação estão entregando corretamente a merenda escolar no município. O gestor falou ainda que gasta mais de R$50 mil (cinquenta mil reais) por mês com a merenda distribuída nas escolas, além dos produtos que são comprados através da agricultura familiar.


Nesta sexta-feira (27) mães e professores de escolas da rede municipal, enviaram imagens e 'prints' de grupos de whatsapp, nos quais há relatos de funcionários de escolas e até professores informado aos pais sobre a falta de merenda. 

Dispensa onde é armazenada a merenda escolar no Colégio de São Miguel do Ouricuri - Foto Reprodução
Infelizmente os problemas na distribuição da merenda escolar em Barrocas não ocorrem apenas na atual gestão. Porém atualmente mesmo sendo solicitado pessoalmente à Secretária de Educação, nem mesmo cardápio da merenda escolar foi disponibilizado para que a população possa ter conhecimento dos itens nele contidos e qual deve ser a merenda distribuída em cada dia da semana.

Leia a matéria do Blog Dida Negrão na íntegra clicando aqui.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira com Informações do Blog Dida Negrão

Sem comentários:

Enviar um comentário