sexta-feira, 7 de junho de 2019

Conheça o goleiro de pouco mais de 1,70m que está fechando o gol da Baraúna do Rumo no Campeonato Barroquense

Goleiro Mantinha à direita (uniforme azul).
No futebol, a altura do atleta é condição quase obrigatória na escolha da posição de goleiro. Isso até o momento em que o talento supera a regra. O conhecido Mantinha, que defende as cores do Grêmio da Baraúna do Rumo no campeonato municipal, apesar da baixa estatura, estar à 172 minutos sem sofrer gols sendo o menos vazado do Campeonato Barroquense após 12 jogos disputado. No domingo (09), (jogo de volta das semifinais) a 'muralha' natural do Alambique, tem a difícil missão de seguir imbatível e ajudar a equipe a chegar a final do certame.

Gian Santana da Silva, com a estatura de 1,72m, se revelou goleiro ainda na infância, observando o avô, Arnaldo de Thuca e o padrinho Léo Santana, ambos goleiros. Ele conta que os dois foram inspiração e afirma ter algumas características dos familiares: "O povo fala que carrego a semelhança de sair bem na bola, não ter medo de dividir a bola e abafar a jogada, esse é um dom que as pessoas dizem que nasci", contou o tímido atleta. 

De origem humilde, Gian sempre acompanhou o seu pai Carlinhos, que joga na posição de lateral direito e atua como dirigente à frente do Náutico do Alambique, time Campeão do Campeonato Municipal em 1994, organizado naquela época por Jorge Luiz. A final foi contra o Santa Cruz da Lagoa da Cruz, equipe que poderá ser um dos rivais caso a Baraúna conquiste a classificação.

Equipe da Baraúna Futebol Clube - Foto: Reprodução

Com 21 anos e passagens pelo Náutico e Chelsea do Rosário, Mantinha atualmente concilia o trabalho de ajudante comum de obras, em Salvador, com a dura missão de proteger a quase intransponível defesa da Baraúna.  Distante durante toda a semana, sem treinar com o elenco, ele procura não perder o ritmo fazendo exercícios físicos após o expediente de trabalho. A cada final de semana o arqueiro supera o cansaço do serviço, a viagem da capital que dura em média 4 horas, mas mantém a confiança de seguir como o menos vazado, mas principalmente sonhando em conquistar o título inédito. 

Questionado se a boa campanha da defesa da Baraúna, é graças ao seu empenho, respondeu: "Eu estou me saindo muito bem nos jogos, mas minha zaga é exemplar, dificilmente a bola passa, e quando passa estou pronto para trabalhar". Mantinha comentou ainda sobre a partida decisiva de domingo, contra o Grêmio da Ladeira: "A expectativa é que vai ser um jogão, os dois times são bons com boas peças. Estou ansioso que chegue domingo para participar dessa semi-final", revelou o arqueiro titular do Professor Jobel Miranda.

@ Nossa Voz - Esportes / Por Victor Santos - Colaborou Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário