quarta-feira, 19 de junho de 2019

Conheça a Seleção Oficial da Campeonato Barroquense de Futebol - 2019

Arte: Victor Santos
Com nomes de destaque no Futebol Barroquense, a relação dos escolhidos para compor a Seleção do Campeonato Barroquense de 2019, deixou alguns desapontados, gerou polêmica e até provocou vaias na entrega da premiação após o jogo do domingo (16). 

É Impossível conseguir unanimidade quando o assunto é formar seleção, o Tite que o Diga. Mas de fato, a divulgação antecipada, provocou questionamentos diversos. Porém isso não quer dizer que quem aparece na lista, não mereça figurar entre os escolhidos. Todos deram seu melhor e ajudaram suas equipes na busca pelo título.

A seleção é formada com quase metade dos nomes do time vice-campeão do certame, a Baraúna do Rumo. O time campeão, o Fluminense, teve apenas o capitão Douglas na relação. Ele foi o único eleito no domingo após o jogoSegundo as informações, a disputa foi contra o Zagueiro José Dilson da Baraúna. Já a equipe que mais vezes sagrou-se campeã do barroquense, o Santa Cruz, este ano contou apenas com o meio-campista Gil na relação. A Ipoeira, apesar de não ter chegado na fase de grupos, teve importante participação do meio de campo Thiago, o camisa número 10 fez uma ótima competição. 

1 - Mantinha (Goleiro - Baraúna do Rumo) 
2 - Bobô (Lateral direito - Baraúna do Rumo)
3 - Zé Dilson (Zagueiro - Baraúna do Rumo)
4 - Acácio (Zagueiro - Ladeira)
5 - Yorlanson (Volante - Baraúna do Rumo) 
6 - Zé Hamilton ( Lateral esquerdo - Curralinho)
7 - Gil (Meio de Campo - Lagoa da Cruz) 
8 - Douglas (Volante - Fluminense)
9 - Jó (Atacante - Minação) 
10 - Thiago (Meio de Campo - Ipoeira)
11 - Durico (Atacante- Baraúna do Rumo) 

Representando o time do Vasco do Rosário, o jovem Taylan foi escolhido como relevação. Douglas, além de compor a seleção, ainda conquistou o título de craque da competição. Jó do Toco Preto, pelo time da Minação ficou com a artilharia com 16 gols. Kekei do Fluminense foi o goleiro menos vazado, ele sofreu apenas 5 gols nos 14 jogos disputados.

Polemicas e discordâncias à parte, o selecionado merece o reconhecimento, como exposto, é praticamente impossível conseguir consenso na escolha de uma seleção de campeonato, ainda mais com 18 equipes participantes, todas com nomes de destaque. Com tudo, desta vez as criticas foram muitas, deixando a necessidade de uma reflexão por parte dos organizadores do principal campeonato municipal para as próximas edições.


@ Nossa Voz Esportes / Por Victor Santos / Colaborou Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário