domingo, 30 de junho de 2019

Barrocas: Tradição mantida no São Pedro do Bairro do Cedro. Até o 'Presidente' participou da Quadrilha Maluca


Como não podia ser diferente, no sábado (29), a irreverência marcou mais uma edição da Quadrilha Maluca, que ao longo dos anos destacou-se indo além de uma apresentação na tradicional festa, se firmando como parte da identidade do São Pedro do Cedro.

Difícil imaginar a festa sem a animada turma que se caracteriza, apresenta temas, personagens populares e polêmicos, atuais e históricos, e assim durante cerca de uma hora consegue atrair olhares e levar ao estado de risos o público que vai à comunidade com um objetivo de assistir a performance dos integrantes.


Desta vez, além do Super Mário e Super Man, dos casais os Incríveis, cangaceiro e cangaceira, dentre outros personagens anônimos, até o rejeitado 'Bolsonaro' (sósia) apareceu por lá de arma na mão. Na festa o presidente parecia nem se importar com os micos no G20, o mito para alguns, no Cedro estava sorridente, mas não levou as bijuterias de nióbio e nem o 'Moro'.


Idosos e crianças também participam da brincadeira, alguns homens se vestem de mulher, as mulheres se vetem de homem, fica até difícil reconhecer alguns moradores após as caracterizações.

O público compareceu e após a apresentação, pôde dançar ao som de Caciques do Nordeste e Banda Zepa. 

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira - Fotos: Tacy Queiroz

Sem comentários:

Enviar um comentário