quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Bahia: Governador anuncia que festas não serão autorizadas enquanto não houver a vacina da Covid-19

Reprodução/ Redes Sociais 
As festas de Réveillon, inclusive o carnaval, ou as demais comemorações que possam criar aglomerações não poderão ser realizadas enquanto a pandemia da Covid-19 continuar e a vacina não ser disponibilizada, foi o que anunciou o governador da Bahia, Rui Costa (PT). Pelas suas redes sociais o manifesto do gestor foi de grande impacto, já que o mesmo afirmou que não iria modificar a sua postura perante a pandemia.

Rui, ressalta principalmente a responsabilidade com a vida de milhares de pessoas, a necessidade da cautela e dos cuidados que nunca deixaram de serem essenciais mesmo com a pré ou pós eleitoral: "Neste momento, temos que ser responsáveis com a vida. Por isso, como governador, quero deixar claro: qualquer festa com aglomeração, só após a vacina. Não permitiremos que festas grandiosas com 5, 10 mil pessoas, sejam realizadas com o apoio, a participação ou o consentimento do estado. A pandemia não acabou e ainda precisamos de cautela e cuidados. Não mudarei a minha forma de encarar a pandemia porque passou a eleição. A minha postura não era pré ou pós eleitoral. Minha postura é pela VIDA das pessoas", destacou o governador da Bahia. 

De acordo com a Sesab, na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.071 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.423 recuperados (+0,4%). Dos 377.445 casos confirmados desde o início da pandemia, 362.017 já são considerados recuperados e 7.415 encontram-se ativos.
Da redação por Ana Clara Santos - Colaborou Victor Santos

Sem comentários:

Publicar um comentário