quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Barrocas: Segundo familiares e pacientes o CAPS está aberto, mas não funciona como deveria.


O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Barrocas) teve seu funcionamento suspenso, na quinta-feira (14) porém em menos de 24 horas voltou a funcionar, mas segundo pacientes e familiares que mantiveram contato com nossa redação, o funcionamento não acontece como deveria, nem mesmo como antes.

Atualmente, segundo as queixas que chegam a nossa Redação, não se encontra medicamentos, falta alimento e a maioria dos profissionais já não atendem no CAPS de Barrocas. O relatou de uma paciente que juntamente com suas irmãs vem tendo dificuldade no atendimento e principalmente no acesso aos remédios para seguir com o tratamento traduz a atual realidade;

“Rubenilson, eu li no blog sobre a situação do caps, mas não é verdade o que tá escrito, no caps falta alimentação, até açúcar são os pacientes que trazem de casa, falta remédios e falta profissionais como nutricionistas e psicólogos. Tinha uma psicóloga muito boa e saiu. Sempre que eu e minha irmã vamos lá buscar os remédios não tem, nos pacientes é que estamos vendo".

A situação é tão crítica, que de acordo com a paciente, para servir cafezinho os pacientes levam açúcar de suas casas. Por isso ela desabafou; “quer dizer, estamos pagando para ser tratados”.

Uma senhora que também tem familiares que deveriam ser tratados na CAPS, ligou para nossa redação e disse que há vários dias não consegue retirar os remédio, "sempre dizem que acabou".

Mas o Secretário de Saúde, Gerival Moreira que é irmão do vereador Gerinaldo (PT) em entrevista para a Rádio Regional de Serrinha, Programa do Radialista Ferraz, disse que as matérias mostrado a situação do CAPS e os problemas na saúde são mentirosas, neste mesmo programa, Gerival sempre aproveita para fazer propaganda da sua Secretaria, porém diferente do que ele diz, a população barroquenses tem sofrido quando necessita de serviços ligados a saúde no município.

Nos sites de acompanhamentos e fiscalização de contas públicas, é possível identificar pagamentos ligados ao CAPS Barrocas que chamam a atenção, como por exemplo 700,00 de despesas com Internet, e um funciionário que recebe R$1.200,00 referente a prestação de serviço de gerenciamento de Softwares no único computador disponível.

Nota da Redação: Todas as pessoas que mantiveram contato e informaram a respeito da situação do CAPS, autorizaram que seus nomes fossem revelados, porém optamos por não revelar os nomes para evitar represálias.
@ Nossa Voz

Sem comentários:

Enviar um comentário