terça-feira, 19 de agosto de 2014

Barrocas: Morte trágica de Eduardo Campos, merenda e transporte escolar foram os principais temas debatidos na Sessão da Câmara de Vereadores.

Sessão da Câmara Municipal de Vereadores , quinta-feira dia 14 de Agosto.
Os trabalhos foram iniciados com um clima de comoção, os vereadores em suas falas lamentam a morte do ex-governador de Pernambuco e candidato a Presidência Eduardo Campos.

Na pauta da 1° sessão do 2° período legislativo a Câmara de Vereadores contou com a presença de todos os nove edis, porém dois deles: Miguel Carvalho e Dudinha ambos do DEM, alegando motivos de Saúde preferiram inicialmente não utilizar a fala. 

Mesmo com problemas na garganta, em momentos que achou oportuno Miguel Carvalho pedia a palavra, não como nos dias normais, mais falou principalmente quando o assunto era os problemas da merenda escolar no município. 

O vereador Nítinho da Ladeira (DEM) iniciou sua fala lamentando o ocorrido com o candidato à presidência Eduardo Campos e relembrou “tive acompanhando algumas vezes na internet o perfil político dele e acredito que ele seria uma boa liderança, talvez não agora para presidente, mas no futuro”. Nitinho pediu que o prefeito olhasse com bons olhos para a Ladeira; “Hoje não vou deixar de lembrar que ele até cumpriu o que falou, que iria começar as obras de lá, e começou a colocação de manilhas”. E cobrou “Eu até estava conversando com o Secretário de Obras Dé e ele garantiu que o prefeito vai concluir a obra dos vestuários do campo de futebol, eu espero que seja concluída”. Disse. 

O petista Gerinaldo Moreira (PT) lamentou a tragédia com o ex-governador Eduardo Campos; “Posso dizer, o melhor governador que o Brasil já viu”. E disse que pessoas de forma irresponsável vem usando de má fé, se aproveitando do momento para segundo ele fazer “picuinha abestalhada” com a morte de uma pessoa que representou o Brasil. Citou a recente obra de calçamento, iniciada no Povoado de Riacho Grande. “O edil parabenizou os blog da cidade, porém lamentou as notícias anônimas, o petista ainda relembrou dos transportes escolares; “As ações da empresa de Daniel transporte com ônibus, veraneio e transporte pequeno seja de vez por todas resolvidas” cobrou.

Antonio Ferreira (DEM) utilizou seu discurso lastimando a morte do candidato Eduardo Campos. Sobre a cidade o vereadores discursou e disse não querer mensurar quanta coisa negativa tem visto nas ultimas 24h; “Muita errada e merece ser consertada rapidamente". Antonio fez uma longa defesa em favor da empresa Antonio Marcelo que segundo ele é a única que entrega corretamente a merenda nas escolas de rede municipal de ensino, o vereador disse que qualquer um dos colegas poderiam procurar uma pessoa que chamou de Gil, para ir com esta pessoa nos dias da entrega feita pela citada empresa.

Uma nova polêmica pode está em curso, pois o Vereador Miguel Carvalho garantiu que levará na próxima sessão um documento mostrando um empenho de uma empresa que segundo ele fez a reforma no Centro Educacional Desembargador Julio Virgílio, o detalhe é que o Vereador Adelson na mesma sessão, fez a indicação para reforma da unidade escolar; INDICAÇÃO Nº 024/ 2014 – Solicitação de obras de reforma na estrutura da Escola Centro Educacional Desembargador Júlio Virgílio. (Autor: Ver. Adelson Queiroz Brito).


O Presidente da Casa, José Eclécio, foi taxativo com os problemas da merenda escolar e dos transportes, ele direcionou cobranças à Secretária de Educação Ana Clécia; "Que a merenda escolar eles pedem com regras? como é que a secretária de educação quer no papel dela, na pasta dela, dizer ao Sr. (se referindo ao vereador Antonio Ferreira) que os pedidos é com regras, ela tem que sair da sala dela e ir pras escolas, ela tem que sair da pasta dela e ir para as escolas dizer o porque tá pedindo pouca merenda.  Ao falar do transporte Kekeu disse que tem vereadores com ônibus, mas que ele nunca quis e nem gostaria de ter um veículo desses rodando na educação; "vereador Gerinaldo têm seus carros ligado a amigos dele, vereador Zé Inácio, eu disse ao vereador Zé Inácio dias atrás, eu não quero ônibus nem de graça no município de Barrocas para rodar, porque é só problema e a gente não tem suportado essa situação".

O vereador Miguel Carvalho, ao pedir uma intervenção, disse que o problema da distribuição da Merenda Escolar poderia ter sido resolvido quando ele porós que os vereadores acompanhasse o recebimento e entrega dos alimentos nas escolas, porém não recebeu o apoio dos colegas que se recursaram a assinar um documento.


Infelizmente apenas três pessoas foram a Sessão da Câmara do vereadores na última quinta-feira dia 14, uma deles o reportar do JNV.
@ Nossa Voz - Colaborou Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário