quinta-feira, 7 de maio de 2015

Barrocas: Segundo Secretaria de Saúde Município não registra casos de Dengue desde 2013


De acordo com recentes publicações na mídia brasileira, a dengue já alcançou o status de epidemia no país, e segundo a Folha de S. Paulo, uma a cada quatro cidades no país estão na mesma condição. 

Felizmente em Barrocas a situação parece ser diferente,  o JANV foi à Secretaria Municipal de Saúde para buscar informações como número de casos, bairros e povoados com mais focos e registro de proliferação do Aedes aegypti, [nomenclatura taxonômica para o mosquito que é popularmente conhecido como mosquito-da-dengue].

No ano de 2014 a Secretaria Municipal de Saúde recebeu 9 casos suspeitos da dengue, nenhum deles foi confirmado, a maioria dos pacientes envolvidos são da sede, local onde os agentes de saúde e endemias encontram o maior número de foco da doença. 

Os números de 2015 até o mês de abril são de 5 casos suspeitos de Dengue, porém há um grande crescimento de uma doença recentemente confirmada no Brasil, que apresenta sintomas parecidos com a dengue, o 'Zica Virús', segundo as informações da Secretaria não há registros de pessoas com suspeita de dengue neste ano.

Os dados do índice predial do mês de abril da Secretaria indicam que em 100 casas na sede, 2,68% delas tem foco de dengue, nos povoados com o mesmo número de casas a porcentagem chegou aos 1,25%.

O ultimo ano com casos confirmado foi em 2013, quando três pessoas foram diagnosticadas com dengue, sendo um caso no Povoado de Lagoa da Cruz e dois na sede do município.

Ajude a manter o 'mosquito da Dengue' longe do seu município, contribuindo com os agentes, faço a sua parte.

Para evitar casos e focos da dengue, a Vigilância pede aos moradores que tomem alguns cuidados como: vedar tanques, caixas d'água e cisternas, não deixar água acumulada em pneus, potes e garrafas pet's e evitar foco de acumulo de água. Apesar do combate através da Secretaria de Saúde o primeiro agente de combate é o morador que convive diariamente no lar. 

@ Nossa Voz - Da Redação Por Victor

Sem comentários:

Enviar um comentário