sexta-feira, 6 de abril de 2018

Barrocas: Jovem denuncia morte de animais sob suspeita de envenenamento no Povoado de Minação

Foto reprodução: Andressa Oliveira
No povoado de Minação, zona rural de Barrocas, uma jovem indignada denuncia a crescente morte de animais, em sua maioria gatos de estimação, sob suspeita de envenenamento. A sua gata e de um tio, segundo Andressa Oliveira Gomes, 18 anos, foram encontrados sem vida na terça-feira (27), com claros sinais de envenenamento: "A pessoa não ter um direito de criar um bicho e vai um ser um humano frio e cruel matar". lamentou a jovem. 

O gato fazia parte da família há dois anos, Andressa diz não entender o motivo do envenenamento já que o gato era dócil e não incomodava a vizinhança: "Na segunda-feira à noite ele se alimentou normal, comeu direitinho. No outro dia apareceu morto com a boca espumando. Aqui tá fora de sério não param de matar gatos", afirma Andressa. 

O sentimento em sua casa é de revolta "minha mãe, Ângela Oliveira, ficou doente e deprimida, nem tá se alimentando direito, choramos muito". Ela, Andressa Oliveira, e a mãe apelam para que acabe com a morte de animais no povoado "Aqui na Minaçao é cheio de pessoas que assassina gatos". 

Foto reprodução: Andressa Oliveira
Um outro gato da família está desaparecido desde o dia em que o primeiro foi encontrado morto. Andressa não descarta a possibilidade de envenenamento, pois segundo ela: "algumas pessoas matam os gatos e jogam os bichos fora, somem com o corpo". Até o momento do fechamento dessa matéria o animal não havia retornado. 

A pena para o crime de maus-tratos é prevista no artigo 32 da Lei 9.605/98 e varia de 3 meses a 1 ano de prisão e multa no valor entre R$ 500 e R$ 3 mil, por cada animal. Os gatos também são considerados "propriedade" dos donos, sendo assim, o autor do crime também pode responder por crime de dano ao patrimônio, previsto no Código Penal Brasileiro. A pena é de 1 a 6 meses de prisão ou multa, que é definida de acordo com o valor do bem avariado.
@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário