terça-feira, 17 de abril de 2018

Barrocas: Secretaria de Saúde alerta população sobre os cuidados para evitar a propagação do vírus influenza

Foto: Reprodução - cosemsba.org.br
O alerta foi feito na segunda-feira (16) através de um comunicado assinado pela Secretária de Saúde, e aconteceu por meio das redes sociais e páginas oficiais do governo. Nele, fala-se dos dois casos de pacientes confirmados com vírus H1N1 no município de Serrinha, localizado a 18 km de Barrocas. Dentre as informações, foram apresentadas medidas de prevenção e sintomas, além das formas de transmissão.


A secretaria Municipal de Saúde vem a público alertar a população Barroquense sobre os riscos do vírus INFLUENZA que já chegou a cidade vizinha Serrinha, com duas pessoas confirmadas com o vírus H1N1. Influenza é infecção viral comum que pode ser fatal, especialmente em grupos de alto risco. Crianças, idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeficiências são mais vulneráveis.

A secretária de saúde faz uma alerta. Atenção População Barroquense! 

O VÍRUS INFLUENZA vem se propagando em nossa região, já são dois casos confirmados em Serrinha. Chegou a hora de nos prevenir-mos ainda mais, intensificando os nossos cuidados de higiene pessoal com as seguintes medidas de prevenção: Lavagem das mãos "com sabão", antes de comer qualquer alimento e depois que tossir ou espirrar; Não compartilhar objetos de uso pessoal: talher, prato, copo, garrafa de água; Ao tossir ou espirar cobrir o nariz e a boca, utilizar lenço descartável para limpar; Manter ambientes ventilados abrindo portas e janelas; Evitar contato próximo à pessoas com suspeita de influenza; Evitar lugares com aglomeração de pessoas;

Pacientes com síndrome gripal devem ser afastados temporariamente de suas atividades e procurar IMEDIATAMENTE uma UNIDADE DE SAÚDE; Fiquem atentos aos sinais/sintomas: Febre Alta, 39°C; Desconforto Respiratório; Pressão Baixa; Dor de Cabeça e Garganta; Dores no Corpo; Tosse; Coriza e Espirros; Vômito; Diarreia;


A transmissão ocorre da mesma forma que uma gripe comum: por meio das mãos que carrega o vírus para boca, nariz e olhos; e por gotículas contaminadas que estão soltas no ar. Após os sintomas, o tratamento deve iniciar em 48 horas, sob orientação médica.

Todos unidos seremos mais fortes no combate a Influenza em nossa cidade! Atenciosamente, 
Secretária M. de Saúde Débora Queiroz Brito.

@ Nossa Voz - Fonte: Ascom

Sem comentários:

Enviar um comentário