sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Barrocas: Os mesmos vereadores que aprovaram 3% de suplementação para o atual, agora aprovaram 70% para o futuro prefeito.


A sessão aconteceu na quinta-feira (27), dos oito vereadores presentes, cinco votaram pelo aumento na suplementação, três foram contrários.

Os últimos escândalos de corrupção envolvendo políticos dos principais partidos brasileiros aumentaram ainda mais a descrença da sociedade nos políticos, mas parece que eles pouco se importam com a opinião pública.

Em Barrocas, pequena cidade do Estado da Bahia, sempre se falou em corrupção, há até condenações de gestores por atos administrativos ilegais como apurou a justiça, mas os últimos episódios envolvendo a classe dizem respeito à falta de coerência não só nos discursos, mas também nas ações.

Um bom exemplo ocorreu ontem na sessão da Câmara Municipal de Vereadores, por mais incrível que pareça, os mesmo vereadores que em 2015 tinham aprovado e defendido os 3% de suplementação para o atual gestor, na sessão de ontem aprovaram 70% para o futuro Prefeito. Votaram a favor da nova suplementação, Tonho da Loja, Miguel Carvalho, Nitinho da Ladeira, Dudinha da Minação e Dida de Raimundo da Farinha. 

Antes os vereadores afirmavam com convicção, não ser necessário suplementação maior que 3% pois os valores destinados para cada setor da administração através da LOA já eram suficientes para mantar os serviços públicos, promover eventos, pagar os servidores e até executar obras. Mas bastou passar a eleição para mudarem de opinião e aprovarem uma nova suplementação para o Prefeito que vai assumir o cargo no dia 1º de Janeiro de 2017.

Em 2015 o Prefeito José Almir administrou com 30% de suplementação, em 2016 com 3%.

@ Nossa Voz – Por Rubenilson Nogueira

1 comentário: