segunda-feira, 26 de março de 2018

5º Trilhão de Barrocas contou com participação de mais de 300 trilheiros. População foi à praça prestigiar o evento e se emocionou.

Praça da Matriz de Barrocas
O município de Barrocas, localizado no nordeste baiano, à cerca de 190 km da capital, foi o destino dos amantes das trilhas no último final de semana, 24 e 25 de março. Equipes, grupos e trilheiros independentes, vieram das diversas cidades baianas e até de outros estados.

O evento que chegou a sua 5º edição, cresceu e surpreendeu até os organizadores: "Nós viajamos para muitos trilhões na Bahia, mas vieram trilheiros de tantas cidades, locais que ainda não fomos, que superou todas as nossas expectativas" afirmou Danilo Nogueira, líder do Grupo Barro Trilha.


Os pilotos começaram chegar à cidade na tarde do sábado, à noite teve som ao vivo com Sidnei e Mara na Praça da Matriz, e eles fizeram a festa. Muita animação, descontração, e a cada nova comitiva que surgia, ficava evidente que o evento iria fazer história na pequena cidade.

O amanhecer do domingo não podia ser melhor, logo cedo uma chuva providencial caiu no município, e deixou o percurso da trilha do jeito que os trilheiros gostam. Aumentando os desafios, pondo fim à poeira e amenizando o calor.


"Com chuva é muito melhor, quando tá assim a gente já sabe que vai ser muito boa a trilha. Pra gente que vem de fora, quando chega e ver que choveu, aumenta ainda mais a expectativa" afirmou Herval Fonseca da cidade de Simões Filho Bahia.

Por volta das 9:30h as motos partiram da antiga estação indo até a Praça da Matriz, houve parada em frente a Igreja para o momento de oração, em seguida após darem a volta na Praça, os motociclistas seguiram pela Avenida Antonio Pinheiro da Mota e no local do antigo Tanque dos Trinta, um ponto histórico da cidade, começou pra valer a trilha ao lado da linha férrea.

Atrás dos puxadores Fábio Carvalho e Athos Alexandre, mais de 300 motos acelerando. Em alguns pontos, o público acompanhou de perto, na segunda ponte do Lajedo muita gente se encantou com a quantidade de motos e com a coragem dos pilotos.

Passagem na ponte da Fazenda Lajedo
"Eu saí de casa chovendo para vir ver de perto eles passando aqui, tá muito bonito" afirmou a funcionário pública, Tereza Queiroz.

Para os trilheiros, a serra do Senhor José Rico foi o ponto máximo do trilhão de Barrocas, lá eles tiveram de encarar lajedos de pedras, caatinga fechada e valetas naturais criadas pelas chuvas, pensa que eles reclamaram? "Rapaz isso aqui que é trilha, não tá moleza não, mas é do jeito que a gente gosta", afirmou o piloto Paulo Speed de Camaçari Bahia, que chegou ao 'neutrão' no primeiro pelotão.

Subida do Chora Rafa
A ladeira das Mangas anunciou que as dificuldades estavam aumentando, mas foi na ladeira Chora Rafa que as roiadas aconteceram, muitos tiveram que tentar uma, duas, três vezes para superar o desafio. Quem conseguia de primeira, ficava assistindo do alto o sofrimento dos demais, e ainda fazia a maior chacota. "Essa aqui é para os masters, tem outra ali do lado para vocês" avisava o líder dos Off Rôias.

Os primeiros a chegar no Neutrão - Serra do Senhor José Rico
Tanto o trecho mapeado pela equipe, como a estrutura e organização foram elogiados pelos participantes: "Gostaria de agradecer aos organizadores deste evento, a começar pelo café da manhã que foi farto, em seguida o percurso da trilha bem sinalizada e com muitos obstáculos, cobertura sensacional! Sem palavras. O almoço muito saboroso. Resumindo, trilhão de Barrocas esse eu recomendo a todos trilheiros. Até 2019" escreveu Hugo Gusmão de Ipirá Bahia.


"Se pudesse daria nota 100. Equipe escolheu bem o percusso, deu para o pessoal andar bem, eu gostei. Essa trilha para mim foi ótima, foi de superação, consegui terminar a trilha toda sem pegar desvio. A próxima virei de novo, tá de parabéns a equipe Barro Trilha, mas parabenizar a cidade também que está aniversariando", destacou Ângelo Guerrieri da cidade de Estância, estado de Sergipe. 

Parte do Grupo Barro Trilha
Felizes com o sucesso do evento, os membros do Grupo Barro Trilha, em entrevista para o JNV fizeram muitos agradecimentos, especialmente ao comércio local, os proprietários de terra, aos muitos voluntários que ajudaram, a equipe de apoio e a população que se fez presente para prestigiar. Mais detalhes em Reportagem em vídeo. Aguardem!

Rubenilson Nogueira com o Senhor José Rico
A cobertura foi do Jornal A Nossa Voz.

@ Nossa Voz Esportes - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário