segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Barroquenses torcedores do Vitória, comentam a situação do time no Brasileirão. O Leão tem 88% de chances de cair para série B.

Foto: divulgação/ Vitória
A cada rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol, a situação do Esporte Clube Vitória fica ainda mais complicada, o time depois dos jogos deste final de semana, aparece na penúltima posição da tabela de classificação com apenas 36 pontos. 

Segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o Leão tem 88% de chances de rebaixamento. Depois do Vitória, o América-MG é que tem mais risco de cair com 71%. A Chapecoense possui 52%. Logo depois aparecem Sport (44%), Vasco (25%) e Ceará (17%). O Paraná já está rebaixado. 

Lucas Pardal
Nesta segunda-feira (19), o JNV conversou com barroquenses torcedores do rubro negro baiano, eles demostraram insatisfação com o elenco mas principalmente com os dirigentes do clube. Alguns já perderam as esperanças, outros ainda sonham com a permanência do time na elite do futebol brasileiro.

"Eu realmente lamento a situação atual do vitória. Desde o acesso que o time vem passando pelas mesmas dificuldades, fruto das más gestões. O pessoal tem o costume de dizer que o time precisa cair pra se reformular, pra tomar uma injeção de realidade. Eu penso diferente, poderia se manter na primeira divisão, porém mudar toda a gestão do clube, não apenas o presidente, como sempre é feito. Acredito na queda, o time não vem em ascensão, está em baixa em todo o 2° turno, não acredito que irá melhorar agora. O rebaixamento é uma realidade" lamentou o torcedor Lucas Pardal.

Danilo Tele
Já o torcedor Danilo Tele ainda mantém as esperanças: "Meu time está vivendo um momento muito difícil nessa reta final do Campeonato Brasileiro. Com 36 pontos está dentro da zona de rebaixamento e tá muito difícil dele permanecer na primeira divisão, mas faltam três jogos e os matemáticos tão somando , afirmando ainda que ele pode sair da zona. Vamos espera os próximos jogos e confiar até o final e que ele possa sair dessa situação para continuar na primeira divisão" afirmou. 

"Todo trabalhador deve honrar, amar o que faz, vestir com dignidade a camisa da empresa, é dessa forma que encaro essa situação. Os jogadores desse time infelizmente trabalham de forma contrária ao que falei no começo de minhas palavras" lamentou o Torcedor José Baixinho. Diante da situação da equipe ele preferiu não tirar foto com a camisa do clube.

A equipe baiana terá três jogos difíceis pela frente, enfrentará três equipes fortes, duas com chance de título, fará uma partida em casa e duas fora. Na próxima quarta-feira 21 o Leão encara o Cruzeiro em Minas, no domingo 25 recebe o Grêmio em casa, e fará o último jogo contra o atual líder da competição, o Palmeiras no dia 2 de dezembro em São Paulo.

@ Nossa Voz Esportes - por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário