sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Barroqueiro e Barroquense dialogando - Episódio 02 / 11 - 2018

Imagem Arquivo JNV
Barroqueiro: Bom dia namorador!
Barroquense: Bom dia parceria!
Barroqueiro: Tú sabe quanto custa uma passagem para Brasília?
Barroquense: Sei não porque? Vai viajar para trabalhar na Capital Federal é?
Barroqueiro: Não, infelizmente não. É porque o prefeito tá todo dia viajando pra lá, e dizem que quem paga a conta é o povo. Passagem, hospedagem, alimentação.
Barroquense: Oxe, oxe! Agora eu vi, quero lá saber de despesas com viagem, importante é trazer benefício, coisas boas pra cidade.
Barroqueiro: A é né? (rsrsrsr)... Agora ninguém quer saber de nada, agora tudo pode, se fosse uns meses antes, o senhor tava falando que era gastos atoa, mas agora que tá no time.
Barroquense: O senhor tá é chato demais, tudo é critica, porque não fala dos ônibus que ele conseguiu, já chegou mais um. Já já chega a industria de asfalto. 
Barroqueiro: Os ônibus de Lula? (rsrsrsr)... Na gestão passada chegou 9 e tú vivia me criticando quado eu dizia que era o governo que mandava, agora é o prefeito que da ao povo né? (rsrsrsr)...
Barroquense: Depois dessa eu vou é ali, me deixe viu. Vou lá na estação colocar ração para os cachorros, todos nós temos que participar das coisas, ajudar como podemos, não só criticar.
Barroqueiro: Pois bem, eu vou fazer um bico ali pois não sou empregado da prefeitura, que nem você. Tú agora que elogiar e ainda não que aceitar a crítica ao homem né. O mundo dar é volta viu.
Barroquense: Até mais, graças a Deus eu sou liderança e sei ver que o prefeito tá fazendo o melhor. 

Barroqueiro: Boa sorte na sua liderança, tô é longe de quem promete e não cumpre o acertado. Mas a resposta boa é na hora certa! Vejo que entra prefeito e sai prefeito e você tá só na liderança (rsrsrsr). 
Barroquense: O tú querendo meu lugar...
Barroqueiro: Na verdade você tá no lugar que era pra ser nosso, mas é por competência. Ainda sobre Brasília, tomara que seja benefício mesmo e não pepino dos grandes como tô ouvindo falar. 
Barroquense: A oposição só torce contra.
Barroqueiro: Era assim mesmo que você falava comigo quando eu cantava aquele música: "barroqueiro não deixe Barrocas afundar..." lembra?

(Aguardem os próximos capítulos) 


Dialogando / Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário